Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Meo destrona Nos na liderança da televisão paga

A operadora da Altice aumentou a quota de clientes para 39,8%, um valor ligeiramente acima da posição de 39,7% registada pela Nos, líder histórica do segmento de televisão paga.

Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 08 de Setembro de 2020 às 20:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

No final do primeiro semestre, a Meo ultrapassou a Nos e ganhou a liderança do mercado de televisão paga em Portugal. De acordo com os dados divulgados esta terça-feira pela Anacom, a operadora da Altice passou a ter uma quota de 39,8%, ligeiramente acima da posição de 39,7% alcançada pela operadora liderada por Miguel Almeida. Seguem-se a Vodafone (16,7%) e a Nowo (3,7%).

O objetivo de destronar a Nos neste segmento, o único em que a Meo não liderava tinha sido avançado em agosto do ano passado pelo presidente executivo da Altice Portugal. Na altura, Alexandre Fonseca adiantou que a Meo se estava a aproximar cada vez mais do líder histórico do segmento de televisão, e que pretendia alcançar esse lugar "em absoluto no final do ano". Um objetivo que, não foi cumprido dentro desse calendário, mas que foi concretizado seis meses depois.  

A entidade reguladora detalha ainda que a Vodafone e a Meo foram os operadores que, em termos líquidos, mais assinantes captaram face ao mesmo período do ano anterior," tendo as suas quotas aumentado 0,9 pontos percentuais e 0,3 pontos percentuais, respetivamente. Pelo contrário, diminuíram as quotas da NOS (-0,9 p.p.) e da NOWO (-0,3 p.p.).

No primeiro semestre de 2020, cerca de 89,3% das famílias tinham subscrito um serviço de televisão paga, mais 3,3 pontos percentuais do que no mesmo período do ano anterior.

No total, o número de assinantes deste serviço atingiu os 4,15 milhões, mais 165 mil (+4,1%) do que no período homólogo. "Trata-se do maior crescimento anual em termos absolutos e relativos verificado desde 2016", sublinha a Anacom.

Este crescimento foi impulsionado pelas ofertas suportadas em fibra ótica, que registaram mais 263 mil assinantes face ao mesmo período do ano anterior (+14,8%), ultrapassando os dois milhões de acessos.

Ver comentários
Saber mais Meo Nos Anacom Vodafone Nowo telecomunicações
Mais lidas
Outras Notícias