Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Secretária de Estado defende redução de custos de contexto no turismo

Ana Mendes Godinho, nova secretária de Estado do Turismo, quer diminuir os encargos que pesam sobre o sector. A garantia é de que o Governo socialista acompanhará as empresas, mas respeitará a sua autonomia.

Bruno Simão/Negócios
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 03 de Dezembro de 2015 às 19:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, defendeu a necessidade de "eliminar os custos de contexto que diariamente as empresas [do sector] se confrontam e enfrentam".


No seu primeiro acto público como governante, no 41º Congresso da APAVT a decorrer no Algarve, Ana Mendes Godinho reconheceu que este é um "sector dinâmico, resiliente, na sua maioria pequenas e médias empresas com dificuldades financeiras conhecidas".


Daí que seja necessário criar condições para promover o investimento e encontrar novas soluções. A responsável assegura que não se limitará a anunciar anos recorde. "O turismo é muito mais do que isto", referiu.


A estratégia passa por integrar as vertentes da cultura, ambiente, transportes e requalificação urbana na estratégia de promoção do destino Portugal. E acrescentou: ""Não podemos ficar à espera que o turismo ande por si".


A intenção socialista de aumentar o rendimento disponível dos portugueses também poderá representar uma alavanca para o sector, perspectivou. A isto se junta a proposta de redução do IVA na restauração dos 23% para os 13%.


Ana Mendes Godinho defendeu ainda que é preciso "acelerar a execução dos fundos comunitários", revelando que até ao momento apenas um projecto turístico recebeu o apoio comunitário no âmbito do Portugal 2020.


A nova secretária de Estado do Turismo mostrou-se disponível para colaborar sempre com o sector, mas não descartou a autonomia das empresas nesse processo de lançar Portugal a nível turístico. "É essencial que o Estado saia de cena quando não é necessário e deixe as empresas dedicarem-se ao ‘core’ da sua actividade", posicionou. Mas deixa o compromisso: "Aceitem a minha colaboração activa para encontrarmos sempre soluções de futuro. É por sermos capazes de trabalhar em conjunto, empresas e Estado, que Portugal atingiu patamares de excelência no turismo".

Ana Mendes Godinho diz querer dedicar "especial atenção" ao Algarve, com medidas activas de combate à sazonalidade.

A nova responsável da pasta do Turismo é licenciada em Direito e conta com formação na área do Direito do Trabalho. Foi chefe de gabinete de Bernardo Trindade quando este era secretário de Estado do Turismo, entre 2005 e 2009.

Ana Mendes Godinho assumiu a vice-presidência do Turismo de Portugal entre 2010 e 2011. Mais recentemente, a jurista exercia funções na Autoridade para as Condições de Trabalho.

Ver comentários
Saber mais secretária de Estado do Turismo Ana Mendes Godinho 41º Congresso da APAVT Algarve Portugal Bernardo Trindade secretário de Estado do Turismo turismo
Mais lidas
Outras Notícias