Turismo & Lazer Francesa Ekkio investe mais de dois milhões no maior zoo do Norte

Francesa Ekkio investe mais de dois milhões no maior zoo do Norte

Desde que adquiriu o gaiense Zoo Santo Inácio, em 2014, a Thoiry, do grupo francês Ekkio Capital, garante que já investiu mais de dois milhões de euros no “maior e mais verde jardim zoológico do Porto”.
Francesa Ekkio investe mais de dois milhões no maior zoo do Norte
O Zoo Santo Inácio, situado em Vila Nova de Gaia, alberga mais de 600 animais.
Rui Neves 15 de maio de 2019 às 12:00

Com mais de 600 animais albergados, de 200 espécies, estando mais de 40 animais ao abrigo de Programas Europeus de Preservação de Espécies ameaçadas de extinção, o Zoo Santo Inácio registou "um crescimento de 185% na área do turismo graças a investimento estrangeiro", realça a dona deste equipamento turístico, a francesa Thoiry, em comunicado.

 

Sem detalhar o número de visitantes nem o valor das receitas do zoo situado em Vila Nova de Gaia, a Thoiry, do grupo francês Ekkio Capital, uma empresa especializada em turismo e lazer, adquiriu o Zoo Santo Inácio em 2014, tendo desde então, garante, investido "mais de dois milhões de euros em ações de melhoria do espaço".

 

Apresentando o Santo Inácio, que tem 15 hectares, como "o maior  zoo do Norte" e o "maior e mais verde jardim zoológico do Porto", o grupo francês promete "perpetuar a conservação de espécies em vias de extinção, aumentar o efetivo de espécies que alberga, proporcionar ferramentas pedagógicas sobre as temáticas relacionadas com a missão desta instituição ao público", assim como "receber o maior e mais variado leque de visitantes, de todos os cantos do planeta, mostrando o que de melhor se faz a este nível, não só em Portugal, mas também à escala mundial".

 




Marketing Automation certified by E-GOI