Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banca leva bolsa a subir mais de 1%

A praça portuguesa está a acompanhar os ganhos das restantes bolsas europeias, numa manhã em que está a ser suportada pela subida da banca.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 02 de Setembro de 2013 às 09:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

A bolsa lisboeta está esta manhã a valorizar mais de 1%, a acompanhar os ganhos das restantes praças europeias, numa sessão marcada pelos ganhos elevados dos títulos do sector financeiro.

 

O PSI-20 sobe 1,14%, para 5.873,90 pontos, com 15 acções em alta, duas em queda e três inalteradas. Na Europa, a sessão é igualmente de ganhos. Os índices do Velho Continente sobem mais de 1%, animados pela divulgação de indicadores económicos animadores na China.

 

A actividade industrial chinesa aumentou para 51 pontos no mês passado e bateu as estimativas dos economistas, contribuindo para o optimismo dos investidores, com este indicador a reforçar a expectativa de uma recuperação da economia mundial.

 

Também a situação na Síria está a contribuir para os ganhos, depois do Reino Unido ter vetado uma acção no país e do presidente americano, Barack Obama, ter adiantado que vai pedir aprovação ao Congresso para uma intervenção.

 

Por cá, a banca é a principal responsável pela subida do índice, depois de ter fechado a última sessão em forte queda, devido ao agravamento do risco do país, na sequência do veto à requalificação na função pública por parte do Tribunal Constitucional.

 

O BES está a liderar os ganhos, com uma valorização de 4,41%, para 0,829 euros. Já o BCP, que anunciou esta manhã um plano de reestruturação que prevê o corte de 25% em despesas com o pessoal, avança 2,08%, para 0,098 euros. Já o BPI sobe 2,16%, para 0,946 euros.

 

Bruxelas deu a aprovação final ao plano de reestruturação do BCP, que vai desinvestir em actividades “não-core”, como o futebol e o crédito para compra de acções, ficando ainda obrigado a vender as operações na Roménia e a participação no banco grego. O corte de custos com pessoal atinge 25%, mas parte já foi conseguido, adiantou a instituição em comunicado enviado à CMVM.

 

A impulsionar a negociação está ainda a Galp Energia, com a petrolífera a subir 0,71%, para 12,825 euros. Ainda no sector energético, a EDP Renováveis avança 0,82%, para 3,823 euros, enquanto a EDP ganha 0,64%, para 2,691 euros.

 

Já no sector das telecomunicações a Portugal Telecom avança 0,32%, para 2,866 euros, enquanto a Sonaecom sobe 0,78%, para 1,804 euros e a Zon Optimus valoriza 0,74%, para 4,194 euros, depois de a Sonaecom ter garantido a presidência executiva da nova empresa.

 

Miguel Almeida, que é presidente da Optimus, vai ser nomeado a 1 de Outubro, data em que se realizará a assembleia-geral, presidente executivo da Zon Optimus.

Ver comentários
Saber mais bolsa PSI-20
Outras Notícias