Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional cai 2% para mínimo de quatro meses

Numa sessão de fortes quedas na Europa devido aos receios com o Brexit, o PSI-20 está a aprofundar a tendência negativa e já perde mais de 2%. O BCP cai mais de 4% e aproxima-se de mínimo histórico.  

Miguel Baltazar/Negócios
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 13 de Junho de 2016 às 11:39

A bolsa nacional está a acentuar a tendência negativa da abertura, em linha com as praças europeias que estão a reflectir os receios com o Brexit e negoceiem em mínimos de dois meses.

 

O PSI-20 desce 2,03% para 4.607,69 pontos, com 17 cotadas em queda e apenas os fundos do Montepio em alta (+0,18%). O índice português regista a quarta sessão consecutiva de quedas e está a negociar no valor mais baixo desde Fevereiro. Desde o início do ano já desvaloriza 13,3%.

 

As bolsas europeias estão esta segunda-feira a prolongar a tendência de forte queda registada no final da semana passada, com os investidores a demonstrarem uma maior preocupação com a possibilidade de os britânicos votaram pela saída do Reino Unido da União Europeia.

 

Os índices caem mais de 1% (curiosamente o FTSE é uma das excepções, com uma descida de 0,53%), numa a sessão em que as acções asiáticas sofreram a maior queda em dois meses e as bolsas do Japão fecharam a cair mais de 3%. O Stoxx 600 desce 1,44%, depois de na sexta-feira ter recuado 2,5% na queda mais acentuada desde Fevereiro.

 

Em Lisboa a sessão está a ser marcada por quedas generalizadas entre as cotadas, com o BCP de novo em destaque pela negativa. O banco liderado por Nuno Amado desce 4,55% para 0,021 euros e já tocou nos 0,0207 euros, muito perto do mínimo histórico de 0,0205 euros que atingiu na semana passada.

 

A entrevista do CEO do banco à Reuters, a afastar a necessidade de o BCP realizar um aumento de capital, não foi suficiente para tranquilizar os investidores, que continuam a castigar as acções do banco que já perdeu mais de metade do valor este ano.

 

O sector energético também pressiona o PSI-20, numa sessão em que o petróleo em Londres volta a negociar abaixo dos 50 dólares. A Galp Energia cede 1,9% para 11,88 euros, a DP cai 1,35% para 2,854 euros e a EDP Renováveis desvaloriza 1,23% para 6,73 euros.

 

Ainda a pressionar o PSI-20, a Jerónimo Martins cai 1,67% para 13,54 euros, a Navigator perde 3,3% para 2,782 euros e a Nos recua 2,88% para 6,032 euros.  

Ver comentários
Saber mais PSI-20 Bolsa de Lisboa Euronext
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio