Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

CMVM suspende negociação das acções do BPI

A negociação do BPI em bolsa foi suspensa pelo regulador do mercado à espera que seja divulgada informação relevante. Esta decisão surge depois de ontem os accionistas do banco terem chumbado a proposta de desblindagem dos estatutos, essencial para a OPA do CaixaBank. Os analistas apostam num aumento da contrapartida.

Miguel Baltazar
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 18 de Junho de 2015 às 09:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 34
  • ...

"O Conselho Directivo da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) deliberou, nos termos do artigo 214º e da alínea b) do n.º 2 do artigo 213º do Código dos Valores Mobiliários, a suspensão da negociação das acções do Banco BPI, SGPS, até à divulgação de informação relevante sobre o emitente", revela a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) numa nota publicada esta quinta-feira, 18 de Junho.

A Euronext adianta que "não há ainda previsão de hora para retomar negociação."

 

Esta decisão acontece depois de os accionistas do banco terem estado reunidos e decidido chumbar a desblindagem dos estatutos da instituição liderada por Fernando Ulrich. Um ponto essencial para o sucesso da oferta pública de aquisição (OPA) lançada pelo CaixaBank sobre o BPI.

 

Os analistas esperam uma alteração das condições da OPA, com melhoria do preço. Em cima da mesa está uma contrapartida de 1,329 euros por cada acção do BPI.

Depois do chumbo de ontem, o CaixaBank remeteu-se ao silêncio antes da reunião do conselho de administração que terá lugar esta quinta-feira. Já a Santoro chegou-se à frente e assumiu ter uma "postura construtiva" para o BPI.

Especula-se assim que da reunião do conselho de administração do CaixaBank saia alguma decisão sobre a OPA ao BPI. Melhoria das condições ou deixar cair a operação? Uma destas opções deverá avançar.

Antes da suspensão, as acções do BPI estavam a subir 1,86% para 1,259 euros, depois de ontem terem deslizado mais de 6% devido ao chumbo da desblindagem dos estatutos. O actual valor das acções está 5,2% abaixo da contrapartida oferecida pelo CaixaBank.

(Notícia actualizada às 9h44 com mais informação)

Ver comentários
Saber mais BPI CaixaBank OPA CMVM mercados acções bolsa
Mais lidas
Outras Notícias