Bolsa IBM sobe quase 4% e dá fôlego a Wall Street

IBM sobe quase 4% e dá fôlego a Wall Street

As bolsas dos Estados Unidos estão a negociar em alta esta quarta-feira animadas pelos números de empresas como a IBM e pela garantia da China de que tudo fará para conter o novo vírus.
IBM sobe quase 4% e dá fôlego a Wall Street
Reuters
Rita Faria Carla Pedro 22 de janeiro de 2020 às 14:38

Os principais índices norte-americanos abriram em alta esta quarta-feira, 22 de janeiro, depois das perdas da última sessão ditadas pelos receios em torno do novo vírus da China e do seu potencial impacto económico.

Apesar do aumento do número de vítimas mortais e de pessoas infetadas, as preocupações foram aliviadas pela garantia das autoridades chinesas de que tudo farão para conter a propagação do vírus.

Esse alívio está a refletir-se na negociação das bolsas esta quarta-feira, que refletem também os números positivos apresentados ontem pela IBM.

Nesta altura, o índice tecnológico Nasdaq sobe 0,45% para 9.413,34 pontos enquanto o S&P500 valoriza 0,26% para 3.328,79 pontos.

As ações da IBM sobem 3,80% para 144,38 dólares, depois de a empresa ter revelado ontem que as suas receitas voltaram a crescer, após cinco trimestres consecutivos de queda. No seu quarto trimestre fiscal, a faturação da tecnológica sediada em Armonk (Nova Iorque) aumentou 0,1% para 21,8 mil milhões de dólares. Os números ficaram acima das projeções dos analistas, que apontavam para 21,6 mil milhões de dólares.

Já os lucros (excluindo custos excecionais) foram de 4,71 dólares por ação, quando a estimativa média do consenso de mercado apontava para 4,69 dólares.

Em sentido contrário, a Netflix desce 2,30% para 330,32 dólares, depois de ter anunciado ontem que prevê captar, no trimestre em curso, menos subscritores do que era esperado pelos analistas de Wall Street: projeta angariar sete milhões de assinaturas pagas no primeiro trimestre deste ano, quando o mercado contava com 7,82 milhões.

Ainda assim, a empresa apresentou bons números relativamente ao quarto trimestre, com o lucro a subir para 1,30 dólares por ação, contra 30 cêntimos no mesmo período do ano anterior, superando fortemente as estimativas dos analistas, que esperavam que ascendesse a 53 cêntimos.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI