Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lisboa fecha a acompanhar quedas europeias com Galp a pressionar

A bolsa portuguesa encerrou no vermelho, acompanhando o sentimento negativo vivido na maioria das praças europeias. Os pesos pesados Galp e BCP pressionaram o índice nacional.

Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 07 de Dezembro de 2022 às 16:52
O PSI recuou 0,91%, para os 5.799,67 pontos, num dia em que as principais praças da Europa ocidental seguem maioritariamente no vermelho. Das 15 cotadas do índice nacional, quatro terminaram o dia em alta, 10 em queda e a REN fechou inalterada.

A Galp caiu 3,68%, para 11,64 euros, sendo a empresa que mais pressionou o PSI. Seguiram-se a Nos, que recuou 1,92%, para 3,782 euros, e o BCP, que cedeu 1,28%, até aos 0,1465 euros. 

A impedir quebras mais acentuadas no índice, a Jerónimo Martins, a cotada com maior peso no PSI, valorizou 0,1%, fechando nos 20,62 euros. 

Os maiores ganhos do dia, contudo, pertenceram à Greenvolt, que avançou 0,75%, para os 8,06 euros num dia em que anunciou um reforço da capacidade de produção de energia solar na fábrica da vimarenense Filasa.

Ainda em alta, a Semapa ganhou 0,29% no último dia de negociação com direito ao dividendo de 1,252 euros que será distribuído a 13 de dezembro, e a Altri valorizou 0,09%, para os 5,365 euros.
Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio