Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 regressa ao verde com retalho e Mota-Engil a impulsionar

As subidas conseguidas pela Jerónimo Martins, pela Sonae e pela Mota-Engil foram as que mais apoiaram o regresso da bolsa nacional a terreno positivo na sessão desta quarta-feira.

Miguel Baltazar
David Santiago dsantiago@negocios.pt 26 de Agosto de 2020 às 16:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...
O índice PSI-20 terminou a sessão desta quarta-feira, 26 de agosto, a somar 0,20% para 4.390,65 pontos, com 10 cotadas no verde e as restantes oito em terreno negativo. 

A praça lisboeta negociou em linha com as valorizações também registadas pela generalidade das bolsas europeias numa sessão em que os setores tecnológico e das matérias-primas obtiveram as maiores subidas no velho continente. Já a quebra do setor das telecomunicações foi a que mais pesou na Europa e que ajudou a travar ganhos mais acentuados nas praças europeias. 

A justificar o otimismo dos investidores esteve o anúncio de que o regime de layoff implementado pelo governo alemão continuará mais tempo em vigor, assim como a perspetiva de que da reunião dos bancos centrais, em Jackson Hole, saia uma ideia generalizada de que é necessário continuar a promover políticas de expansão monetária em resposta à crise.

No plano nacional coube ao setor do retalho o destaque principal. A Jerónimo Martins fechou a apreciar 0,86% para 14,08 euros, enquanto a Sonae, que hoje divulga as contas semestrais, avançou 1,99% para 61,4 cêntimos. Nota de destaque também para a Mota-Engil, que valorizou 2,12% para 1,448 euros, e para a EDP Renováveis, que cresceu 1,40% para 14,44 euros. 

Continuando no setor da energia, EDP (+0,16% para 4,349 euros) e Galp Energia (+0,37% para 9,214 euros) acompanharam a tendêcia, enquanto a REN protagonizou a exceção com uma queda de 0,61% para 2,45 euros.

No setor do papel não se verificou um rumo definido. A Semapa subiu 0,13% para 7,81 euros e a Navigator cresceu 0,18% para 2,254 euros, enquanto a Altri perdeu 0,23% para 4,250 euros. 

Já a travar ganhos mais expressivos em Lisboa estiveram o BCP, CTT, Nos e Ibersol. O banco recuou 0,87% para 10,21 cêntimos, os correios nacionais resvalaram 0,91% para 2,715 euros, a operadora de telecomunicações deslizou 0,79% para 3,504 euros e a detentora de cadeias multinacionais de "fastfood" desvalorizou 2,46% para 5,54 euros. 

(Notícia atualizada)
Ver comentários
Saber mais Bolsa Nacional PSI-20 BCP Jerónimo Martins Sonae Mota-Engil EDP Renováveis EDP Galp Energia REN Nos Ibersol Altri Semapa Navigator
Mais lidas
Outras Notícias