Bolsa PSI-20 sobe mais de 1,5% com Jerónimo e EDP Renováveis a ganharem mais de 2%

PSI-20 sobe mais de 1,5% com Jerónimo e EDP Renováveis a ganharem mais de 2%

A bolsa nacional fechou a subir mais de 1,5%, numa sessão marcada por subidas acentuadas da EDP Renováveis e da Jerónimo Martins. Na Europa a sessão também foi de ganhos, ainda que mais moderados.
A carregar o vídeo ...
Sara Antunes 30 de agosto de 2019 às 16:41
A bolsa nacional fechou a última sessão da semana com uma subida de 1,53% para 4.887,63 pontos, com 16 cotadas em alta, uma em queda e uma inalterada. Entre as congéneres europeias a tendência também é de ganhos, ainda que de menor dimensão.

A marcar a sessão esteve a redução da tensão entre a China e os EUA, na frente comercial, bem como a perspetiva positiva sobre Itália, depois de o Movimento 5 Estrelas e o PD terem chegado a um acordo e de o presidente da República ter nomeado Giuseppe Conte para avançar com um novo Governo. 

A contribuir para a subida da bolsa estiveram as ações da Jerónimo Martins, ao subirem 3,06% para 15,01 euros, depois de ter sido alvo de uma nota de análise do Goldman Sachs, que elevou a sua avaliação da retalhista para 16,50 euros, essencialmente devido à Polónia. 

A EDP Renováveis também se destacou, ao subir 2,77% para 10,02 euros, num dia em que a empresa de energias renováveis assegurou um contrato de 15 anos no leilão português de energia solar para a venda de eletricidade produzida pelo projeto solar Ribatejo.

Do lado oposto esteve apenas a Mota-Engil, ao descer 0,32% para 1,89 euros. 

As restantes cotadas subiram. No sector do papel, a Altri apreciou 2,13% para 5,75 euros e a Navigator ganhou 1,39% para 3,07 euros. A Semapa foi a cotada que fechou estável face à última sessão.

Na energia, a Galp cresceu 1,91% para 13,06 euros e a EDP avançou 1,09% para 3,44 euros. 

(Notícia atualizada às 16:45 com mais cotações)



pub

Marketing Automation certified by E-GOI