Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Subida da EDP trava perdas na bolsa de Lisboa

A bolsa nacional arrancou a sessão ligeiramente em alta ao beneficiar da subida da EDP, mas já inverteu e está a perder meio por cento. As bolsas europeias estão em queda.

A carregar o vídeo ...
Tiago Varzim tiagovarzim@negocios.pt 30 de Janeiro de 2020 às 08:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

O PSI-20 arrancou a sessão desta quinta-feira, 30 de janeiro, a subir 0,2% para os 5.260,56 pontos, acumulando três sessões de valorizações. Mas rapidamente ajustou-se à tendência internacional - as bolsas europeias estão a sofrer quedas significativas -, descendo meio por cento dez minutos após o início da negociação.

Após as fortes quedas de segunda-feira, os índices bolsistas estiveram a recuperar nas duas últimas sessões a par da divulgação dos resultados das cotadas, mas hoje voltam a sofrer das preocupações relacionadas com a propagação do coronavírus chinês e o seu impacto económico, particularmente na China. Tanto o índice bolsista francês como o holandês estão a cair 1%.


"O agravamento da situação deverá espelhar-se mais nas ações mais sensíveis à economia internacional", antecipavam os analistas do BPI no comentário de bolsa, dada a "elevada sensibilidade dos mercados asiáticos à difusão do surto do coronavírus" que "deverá alastrar-se à Europa".

Em Lisboa, oito cotadas seguiam em alta, sete em baixa e três estão inalteradas no início da sessão. O destaque pela positiva vai para a EDP cujas ações sobem 1,67% para os 4,437 num dia em que a Goldman Sachs melhorou o preço-alvo da cotação de 4,4 euros para 5,25 euros. Os títulos da elétrica sobem há três sessões, renovando máximos de 2008.

Em sentido contrário, a Galp Energia cede 1,01% para os 13,725 euros, os CTT desvalorizam 0,79% para os 3,012 euros e o BCP perde 0,42% para os 19 cêntimos. 

Nesta sessão há várias cotadas que deverão reagir a informações divulgadas ontem após o fecho dos mercados. É o caso da Sonae que anunciou que as vendas cresceram 9,2% no ano passado, ascendendo a 4.702 milhões de euros, destacando que se tratou do maior crescimento em mais de 10 anos. As ações da Sonae estão a subir 0,41% para os 85,45 cêntimos. 

Fora do PSI-20, a Cofina - dona de títulos como o Correio da Manhã, Jornal de Negócios, Sábado e Record - anunciou que os acionistas aprovaram um aumento de capital de 85 milhões de euros no âmbito da aquisição da Media Capital à Prisa, o qual já está garantido a 70,5%. Cada ação terá um preço de subscrição de 45 cêntimos, 2,5% abaixo da cotação de fecho de ontem. Hoje os títulos sobem 0,41% para os 48,5 cêntimos. 

Ainda fora do índice principal, aguarda-se também pela reação das ações do Sporting à venda de Bruno Fernandes ao Manchester United. Os títulos do clube estiveram com negociação suspensa na sessão de ontem. As ações deverão negociar às 10h30.

(Notícia atualizada às 8h16 com mais informação)

Ver comentários
Saber mais PSI-20 bolsa praça nacional
Mais lidas
Outras Notícias