Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street cede terreno à espera de estímulos à economia dos EUA

As bolsas do outro lado do Atlântico encerram em baixa, com os investidores a pesarem a possibilidade de haver ou não um novo pacote de estímulos à economia norte-americana, numa altura em que o ressurgimento da covid-19 também preocupa.

Em particular nos Estados Unidos da América, as plataformas digitais de negociação em bolsa são muito utilizadas.
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 29 de Setembro de 2020 às 21:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O Dow Jones fechou a sessão desta terça-feira a ceder 0,48% para 27.452,66 pontos e o Standard & Poor’s 500 recuou igualmente 0,48% para 3.335,47 pontos – depois de ontem ter marcado a maior subida das últimas duas semanas ao ganhar 1,61%.

 

Por seu lado, o tecnológico Nasdaq Composite perdeu 0,29% para 11.085,25 pontos, penalizado por cotadas como a Apple e Microsoft – e com as subidas da Alphabet e Facebook a ajudarem a travar uma maior queda do índice.

 

Os investidores continuam à espera de ver aprovado no Congresso um novo pacote de estímulos orçamentais, mas este tem tardado a chegar.

 

As conversações mantidas hoje sobre este novo pacote de ajuda já terminaram e deverão ser retomadas amanhã.

 

O ressurgimento dos casos de covid-19 também pesou no sentimento dos investidores. Os dados mais recentes revelam que a taxa de testes positivos na cidade de Nova Iorque superou os 3% pela primeira vez em vários meses.

Em destaque, nas quedas, esteve o JPMorgan Chase, que cedeu 0,84% no dia em que foi anunciado que o banco norte-americano vai pagar uma multa de mais de 920 milhões de dólares devido à acusação de "spoofing", uma prática de manipulação dos preços dos ativos no mercado, através da introdução de uma grande quantidade de ordens de compra ou venda de vários blocos de títulos, sem intenção de as executar. 

Ver comentários
Saber mais Wall Street Standard & Poor's 500 Nasdaq Composite Dow Jones bolsa EUA
Mais lidas
Outras Notícias