Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street ganha novo fôlego. S&P 500 com maior série de subidas em dois meses

As bolsas norte-americanas fecharam a primeira sessão da semana com ganhos, um dia antes da divulgação dos dados da inflação de agosto nos Estados Unidos.

Vários bancos estão a antecipar-se ao agravamento nos custos de financiamento em mercado. Citigroup e JPMorgan deverão estar entre os emitentes mais ativos nos EUA.
Shannon Stapleton/Reuters
Sílvia Abreu silviaabreu@negocios.pt 12 de Setembro de 2022 às 21:38
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

As bolsas norte-americanas encerraram a primeira sessão da semana em terreno positivo, um dia antes da divulgação dos dados da inflação de agosto nos Estados Unidos. Os investidores estimam que o aumento dos preços já terá atingido o pico, com os especialistas a apontarem para uma subida de 8,1% em agosto.

O "benchmark" S&P 500 valorizou 1,07 % para 4.110,69 pontos, tendo fechado a quarta sessão com ganhos, a maior série de subidas consecutivas em dois meses. A Apple foi a empresa que mais contribuiu para a valorização do índice, impulsionada pelos dados de pré-encomendas dos novos iPhones.

Já o industrial Dow Jones avançou 0,72% para 32.383,18 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq subiu 1,27% para 12.266,41 pontos.

Indicadores do mercado obrigacionista norte-americano sugerem que os investidores estão a recuperar a confiança de quanto à pressão inflacionista, acreditando que será controlada.  

"Não vejo um cenário em que os mercados não achem que o índice de preços no consumidor caminha para a direção certa e que em outubro será mais baixo do que em setembro", disse Peter Tchir, chefe de estratégia macro na Academy Securities, à Bloomberg.

Ver comentários
Saber mais Estados Unidos bolsa economia Wall Street
Outras Notícias