Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street abre em baixa com dados do desemprego a desapontar

As acções norte-americanas iniciaram a sessão a negociarem em baixa e levaram o índice Standard & Poor’s a recuar de máximos que atingiu na última sessão. O número de pedidos de subsídio de desemprego superou as estimativas na semana passada.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 19 de Dezembro de 2013 às 14:54
  • Partilhar artigo
  • ...

O índice Standard & Poor’s iniciou a sessão a recuar 0,2% para 1.808,01 pontos, após ter fixado um novo máximo histórico na última sessão. O Dow Jones Industrial Average recua 0,08% para 16.155,70 pontos e o Nasdaq deprecia 0,27% para 4.057,15 pontos.

 

A pressionar as praças norte-americanas estão os dados do desemprego anunciados esta quinta-feira, antes da abertura da sessão bolsista nos Estados Unidos da América (EUA). O número de pedidos de subsídio de desemprego superou as estimativas ao ascender a 379 mil, superando 369 mil pedidos da semana anterior. Os economias antecipam uma diminuição para 336 mil pedidos.

 

O número de pessoas que pedem para beneficiarem de subsídio de desemprego é visto como um indicador avançado para o desemprego na maior economia do mundo e o seu crescimento inesperado verificou-se após a decisão da Reserva Federal, que decidiu iniciar na quarta-feira a retirada dos estímulos à economia.

 

Ben Bernanke anunciou a redução do programa de compra de obrigações em 10 mil milhões de dólares para 75 mil milhões, numa decisão que foi a primeira no sentido de reduzir os estímulos à recuperação da economia. Os investidores antecipavam a decisão e os índices S&P 500 e Dow Jones alcançaram máximos históricos na sessão de ontem.

 

A General Electrics destaca-se pela negativa ao recuar 1,17% para 27,09 dólares, enquanto a Hewlett-Packard valoriza 1,24% para 27,85 dólares.

Ver comentários
Saber mais Standard & Poor's Dow Jones Industrial Average EUA Wall Street
Outras Notícias