Dividendos Navigator vai pagar dividendo antecipado de 13,94 cêntimos

Navigator vai pagar dividendo antecipado de 13,94 cêntimos

Os acionistas da Navigator vão receber um dividendo antecipado de quase 14 cêntimos, através da distribuição de reservas livres.
Navigator vai pagar dividendo antecipado de 13,94 cêntimos
Sara Antunes 22 de novembro de 2019 às 17:29

O conselho de administração da Navigator convocou os acionistas para uma reunião, onde há um ponto único em discussão: a "distribuição aos acionistas da The Navigator Company, S.A. de reservas inscritas na rubrica ‘reservas livres’", pode ler-se no comunicado emitido esta sexta-feira, 22 de novembro.

 
Fonte oficial explicou ao Negócios que se trata de uma antecipação de dividendo referente aos resultados de 2019.

A empresa propõe pagar um dividendo de 13,94 cêntimos por ação, o que corresponde a uma rentabilidade de 4% face ao valor de fecho das ações hoje (3,526 euros).

No total, a Navigator vai libertar mais de 99 milhões de euros com o pagamento deste dividendo extraordinário, cerca de metade do montante de reservas livres existentes atualmente. A decisão caberá aos acionistas - que são os principais beneficiários da medida - que deverão pronunciar-se no dia 20 de dezembro, data na qual foi agendada a assembleia geral. 

 

"Após a distribuição do referido montante de reservas, a The Navigator Company, S.A. continuará a ter uma situação líquida adequada para a prossecução da sua atividade, tendo em consideração os objetivos por esta estabelecidos para o efeito", realça a cotada no comunicado enviado para a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

  

No segundo trimestre do ano, a Navigator tinha já distribuído um dividendo de 28 cêntimos por ação aos seus acionistas, referente ao execício do ano passado.

A Navigator é uma das cotadas que distribuiu dividendos mais rentáveis entre as cotadas nacionais. Na época regular de pagamento de dividendos deste ano, a empresa foi a segunda que ofereceu uma rentabilidade maior

A convocatória da AG surge no mesmo dia em que a empresa anunciou que António Redondo será o próximo presidente executivo da Navigator. A empresa optou assim por uma escolha interna para liderar a cotada que estava há vários meses com um CEO interino. Diogo da Silveira anunciou em fevereiro deste ano que não pretendia continuar a liderar a comissão executiva e abandonou funções a 9 de abril, dia em que decorreu a assembleia geral.


(Notícia atualizada, pela última vez, no dia 26 de novembro com informação de que se trata de uma antecipação do dividendo)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI