Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Analistas: Contrato entre os CTT e a Amazon "é positivo" mas falta conhecer real impacto

Os analistas são unânimes: o contrato assinado entre os CTT e a Amazon é positivo. Mas não conseguem quantifica-lo, uma vez que não há pormenores sobre o acordo.

CTT
Pedro Elias/Negócios
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 15 de Dezembro de 2016 às 10:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Tourline Express, empresa detida pelos CTT, assinou contrato com a Amazon para distribuição de encomendas no mercado espanhol. O Negócios sabe que a informação está neste momento a ser divulgada internamente em Espanha. Parte das encomendas da líder de distribuição mundial já está a ser distribuída pela Tourline Express há cerca de um mês.

Este contrato "é positivo para os CTT. Este é potencialmente um grande contrato, apesar de, nesta altura, não se conhecer a dimensão. A Tourline tem tido prejuízos nos últimos anos e tem perdido clientes, o que não tem contribuído positivamente para o EBITDA", o que significa que "ganhar grandes clientes como a Amazon pode ajudar a melhorar o sentimento" em relação aos CTT, salientam os analistas do Haitong.

 

"Apesar de ser difícil quantificar o impacto de tal contrato", uma vez que não se conhecem os pormenores do contrato, como preços ou volumes, "consideramos que este novo acordo deve permitir aos CTT fortalecer a sua posição no mercado espanhol, que tem estado sob um processo de reestruturação há algum tempo".

 

Os analistas do BPI realçam que "apesar da importância relativa do cliente [Amazon], ainda não é claro se o contrato é directamente com a Amazon Espanha ou também com a Amazon UK para tratar das encomendas feitas através da Amazon do Reino Unido por clientes espanhóis".

 

Em 2015, a Tourline teve receitas de 49,5 milhões de euros, e nos primeiros nove meses deste ano o volume de negócios foi de 30,9 milhões, o que corresponde a 7% e 6%, respectivamente, das receitas totais dos CTT nos períodos referidos, dizem os analistas do BPI.

 

As acções dos CTT seguem a subir 1,19% para 6,127 euros. 

Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro. 

Ver comentários
Saber mais CTT Amazon Tourline Express Amazon Espanha Amazon UK Reino Unido
Mais lidas
Outras Notícias