Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro valoriza face ao dólar pelo segundo dia consecutivo

A moeda única europeia está novamente a valorizar face ao dólar, beneficiando do aumento do consumo e do investimento na Alemanha. Ainda assim, ao longo desta semana o euro já desvalorizou 2,5% face ao dólar.

David Santiago dsantiago@negocios.pt 22 de Maio de 2015 às 11:03
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O euro segue em alta nos mercados cambiais pelo segundo dia consecutivo. Esta sexta-feira, 22 de Maio, está a avançar 0,49% face ao dólar para 1,1166 dólares, mantendo-se assim a negociar acima do patamar dos 1,11 dólares alcançado esta quinta-feira.

 

Para a valorização da moeda única em relação ao dólar está a contribuir a divulgação de dados relativos à maior economia europeia. Depois de ter sido conhecido, a 13 de Maio, que o PIB da Alemanha cresceu 0,3% no primeiro trimestre deste ano, soube-se hoje que este crescimento foi proporcionado, essencialmente, devido ao aumento do consumo (+0,6%) e do investimento (+1,5%).

 

Por outro lado, a desvalorização do dólar resultou da divulgação de novos indicadores económicos. De acordo com dados da Associação Nacional de Mediadores de Imóveis divulgados esta quinta-feira, a venda de casas em segunda-mão nos Estados Unidos caiu de forma inesperada em Abril.

 

Também as minutas reveladas pela Reserva Federal norte-americana na quarta-feira mostraram que a instituição liderada por Janet Yellen mantém dúvidas sobre a real robustez de recuperação da maior economia mundial. Pelo que é já certo que a Fed não irá decretar em Junho um aumento da taxa de juro directora.

 

Sinais que indiciam que a economia norte-americana está a abrandar e que contribuem para a desvalorização do dólar.

 

No entanto, no acumulado desta semana o euro está a desvalorizar 2,49% relativamente ao dólar. Para a queda do euro nos primeiros dias desta semana contribuiu o anúncio do Banco Central Europeu (BCE), sobre o facto de ir acelerar a compra de activos ainda em Maio e no próximo mês de Junho de forma a compensar a tradicional quebra de liquidez verificada durante o período de Verão.

Ver comentários
Saber mais mercado e câmbios Euro Dólar BCE Fed Janet Yellen Estados Unidos Alemanha
Outras Notícias