Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BES paga 31 milhões por tomada firme do aumento de capital

A garantia de sucesso do aumento de capital do BES custa 31 milhões de euros. É este o valor que o banco de Ricardo Salgado vai pagar pela tomada firma da operação pelo sindicato de bancos de investimento internacionais.

Maria João Gago mjgago@negocios.pt 20 de Maio de 2014 às 21:19
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

A garantia de colocação da totalidade do aumento de capital do BES, no valor de 1.045 milhões de euros, vai custar 31 milhões de euros à instituição, de acordo com o prospecto da oferta de subscrição, publicado esta terça-feira, 20 de Maio, no site da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

O sindicato bancário que aceitou ficar com as acções que o BES não conseguir colocar é constituído por diversas instituições, entre as quais o BES Investimento, Morgan Stanley, UBS, BofA Merrill Lynch, Citigroup, J.P. Morgan e Nomura.

 

A decisão de recorrer à tomada firme foi tomada uma vez que, pela primeira vez desde a privatização do banco, os accionistas de referência – Espírito Santo Financial Group, Crédit Agricole, Bradesco e Portugal Telecom – não se comprometeram a acompanhar a operação na proporção das suas participações.

Ver comentários
Saber mais BES aumento de capital
Outras Notícias