Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Goldman Sachs estima que Fed possa subir os juros quatro vezes em 2022

A Reserva Federal dos Estados Unidos deverá subir os juros por quatro vezes este ano e também começar a reduzir a dimensão do seu balanço em julho ou ainda antes desse mês, antecipa o Goldman Sachs.

A Casa Branca confirmou ontem que o jurista norte-americano continuará a ocupar a posição de presidente do banco central. Lael Brainard passa ao lugar de vice-presidente.
Joshua Roberts/Reuters
Negócios jng@negocios.pt 10 de Janeiro de 2022 às 09:53
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
A Reserva Federal dos Estados Unidos deverá subir os juros quatro vezes ao longo deste ano, estima o Goldman Sachs, numa nota de research citada pela agência Bloomberg.

Ainda de acordo com esta nota do banco norte-americano, a Fed poderá também começar a reduzir a dimensão do seu balanço em julho ou ainda antes.

Segundo indica Jan Hatzius, analista do Goldman que assina esta nota, o rápido progresso do mercado laboral norte-americano e ainda os sinais de uma política monetária mais "hawkish", sinalizados nas atas da Fed da reunião de dezembro, sugerem uma normalização mais rápida.

"Assim, estamos a antecipar a nossa previsão de dezembro para julho, com os riscos apontados para uma altura ainda mais cedo", indica Hatzius. "Com a inflação provavelmente ainda muito acima da meta nesse ponto, não pensamos mais que o início do runoff substituirá uma alta trimestral das taxas. Continuamos a ver aumentos em março, junho e setembro, e agora adicionamos uma subida em dezembro", cita a Bloomberg.
Ver comentários
Saber mais Goldman Sachs juros Fed
Outras Notícias