Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Subida superior a 1% da Sonae impulsiona bolsa nacional

A Euronext Lisbon valorizava impulsionada pela subida de mais de 1% da Sonae e pela Energias de Portugal. O PSI-20 avançava 0,2% num dia em que as praças europeias negoceiam mistas. Fora do índice principal, a Portucel, que negoceia pela primeira vez com

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 14 de Novembro de 2006 às 10:32

A Euronext Lisbon valorizava impulsionada pela subida de mais de 1% da Sonae e pela Energias de Portugal. O PSI-20 avançava 0,2% num dia em que as praças europeias negoceiam mistas. Fora do índice principal, a Portucel, que negoceia pela primeira vez com as acções vendidas durante a oferta pública venda (OPV), cai mais de 2%.

O PSI-20 [psi20] subia 0,2% para 10.625,41 pontos com oito títulos a subir, 10 a descer e dois inalterados.

A Sonae [son] era a acção que mais impulsionava, com uma valorização de 1,32% para 1,53 euros. A Sonaecom [snc] subia 0,97% para 5,23 euros.

A EDP [edp] também contribuía para a subida do PSI-20 a ganhar 0,28% para 3,60 euros. A eléctrica nacional anunciou que vai iniciar o processo de eventual alienação da maioria da participação que detém na Rede Eléctrica Nacional (REN). Com esta operação, que deverá ocorrer até ao final deste ano, a empresa quer reduzir a posição que detém na REN para uma participação máxima de 5% do capital da empresa.

O sector da banca negociava misto com o BPI [bpin] a subir 0,51% para 5,93 euros, o Banco Espírito Santo (BES) [besnn] a perder 0,32% para 12,45 euros e o Banco Comercial Português (BCP) [bcp] inalterado nos 2,60 euros.

A Impresa [ipr] e a Portugal Telecom [ptc] regressaram à lista das acções com maior potencial de valorização do Millennium bcp investimento. O grupo liderado por Pinto Balsemão entrou esta semana para o topo desta lista depois do Millennium bcp ter revisto em alta o preço-alvo para os títulos de 5,05 para 5,10 euros. As acções da Impresa [ipr] negociavam a perder 0,46% para 4,33 euros.

A Portugal Telecom [ptc] subia 0,31% para 9,76 euros e a PT Multimedia [ptm] descia 0,63% para 9,51 euros.

Fora do PSI-20 as acções da Portucel [ptcl], que negoceiam pela primeira vez depois de concluída a terceira fase de reprivatização, seguiam a descer 2,18% para 2,24 euros. Hoje foram admitidas à negociação 145,4 milhões de novas acções vendidas na oferta pública de venda ao público em geral. No próximo dia 15 de Fevereiro vão ser admitidas à negociação mais 52 milhões de títulos alienados na OPV aos segmentos de trabalhadores e pequenos subscritores.

Outras Notícias
Publicidade
C•Studio