Obrigações IGCP emite na próxima semana 1.500 milhões de dívida de curto prazo

IGCP emite na próxima semana 1.500 milhões de dívida de curto prazo

A agência que gere a dívida pública volta ao mercado na próxima semana para emitir 1.500 milhões de euros a seis e a doze meses.
IGCP emite na próxima semana 1.500 milhões de dívida de curto prazo
Bruno Simão
Tiago Varzim 10 de maio de 2019 às 16:14

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) vai realizar um duplo leilão de curto prazo na próxima quarta-feira, 15 de maio, com o objetivo de emitir entre 1.250 e 1.500 milhões de euros. Um dos leilões é para emitir bilhetes do Tesouro a seis meses e o outro a 12 meses.

"O IGCP, E.P.E. vai realizar no próximo dia 15 de maio pelas 10:30 horas dois leilões das linhas de BT com maturidades em 22 de novembro de 2019 e 15 de maio de 2020, com um montante indicativo global entre 1.250 milhões de euros e 1500 milhões de euros", anuncia a agência em comunicado enviado hoje às redações.

No último leilão nestes prazos, Portugal conseguiu taxas de juro mais baixas do que nas emissões anteriores. Neste caso, as taxas já são negativas, mas foram ainda mais negativas. A um ano, o Tesouro português emitiu 950 milhões de euros com uma taxa de juro de -0,368% em abril.


Desde 2015 que Portugal consegue financiar-se a juros negativos nos prazos mais curtos, o que tem contribuído para a queda do custo total com a dívida. No primeiro trimestre deste ano, o custo da dívida emitida situou-se nos 1,7%, o que representa um novo mínimo histórico (pelo menos desde 2010). O custo do "stock" da dívida pública portuguesa baixou para 2,8%, também o mais baixo desde, pelo menos, 2010.

Ainda esta semana, o IGCP esteve no mercado a emitir dívida de longo prazo (10 anos), tendo financiado 1.250 milhões de euros à taxa de juro mais baixa de sempre neste prazo. Com esta última emissão, a agência liderada por Cristina Casalinho garantiu 55% das necessidades de financiamento de 2019.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI