Outros sites Cofina
Notícia

37 empresas em Portugal distinguidas pelas boas condições dos colaboradores

O índice global Top Employer 2023 foi atribuído a 2053 organizações de 121 países. Em Portugal, empresas da área farmacêutica dominam o ranking de boas práticas de recursos humanos.

Sónia Santos Dias 23 de Janeiro de 2023 às 08:53
  • Partilhar artigo
  • ...

O Top Employers Institute, instituição que faz a certificação mundial de boas práticas nas condições dos colaboradores, acaba de divulgar o seu índice global Top Employer 2023, distinguindo 2053 empresas a nível global, das quais 584 na Europa e 37 em Portugal.

O índice global Top Employer foi atribuído, em 2023, a organizações que operam em 121 países ou regiões, com um impacto positivo na vida de mais de 9 milhões de empregados a nível mundial.

O índice avalia as condições de trbalho das empresas participantes através de um inquérito de melhores práticas de recursos humanos independente, auditado e baseado em factos, que abrange seis domínios e 20 subtópicos, entre os quais aquisição de talento, on-boarding, desenvolvimento de carreira, formação, bem-estar, ambiente de trabalho, liderança, diversidade e inclusão, sustentabilidade, etc. 

"A turbulência que afetou a força de trabalho nos últimos anos levou muitas organizações, incluindo a nossa, a repensar a forma como abordam a dinâmica de mudança do trabalho. Apesar de toda esta mudança, os Top Employers certificados continuaram a ir além e acima para manter as suas excelentes práticas de pessoal no local de trabalho", observou David Plink, CEO do Top Employers Institute, em comunicado.

No caso de Portugal, entre as 37 empresas distinguidas, 24 acumularam também a distinção a nível europeu e sete a nível mundial. A lista das 37 empresas distinguidas em Portugal operam em vários setores, com destaque para o setor farmacêutico, que viu nove empresas serem distinguidas. Seguem-se as as áreas da banca e da saúde.

A nível global, o Top Employers Institute reconheceu nesta edição 15 organizações como líderes em recurso humanos "pelas suas excelentes estratégias e práticas pessoais", tendo cada uma delas sido certificada em pelo menos 20 países. "Estas organizações são certificadas pela sua consistência e empenho em enriquecer o mundo do trabalho à escala global ", refere o instituto, encontrando-se entre estas empresas algumas como a Boehringer Ingelheim, Chep, DHL Express, PepsiCo, Philip Morris Internacional, Puma, etc.

 

 

 

Mais notícias