Trading Teixeira Duarte desliza para mínimos históricos

Teixeira Duarte desliza para mínimos históricos

As ações da Teixeira Duarte chegaram a deslizar mais de 9%, tocando num valor nunca antes visto.
Sara Antunes
Sara Antunes 19 de junho de 2019 às 18:08

A Teixeira Duarte continua em rota descendente. Depois de ter perdido mais de 39% do seu valor bolsista em 2018, este ano já acumula uma queda de quase 31%, com as ações a descerem para o valor mais baixo de sempre.

 

As ações da Teixeira Duarte fecharam a sessão desta quarta-feira, 19 de junho, a perder 6,61% para 0,0932 euros, tendo chegado a cair um máximo de 9,22% para 0,0906 euros, o valor mais baixo desde que a empresa está em bolsa.

A liquidez foi ligeiramente acima da média diária dos últimos seis meses (689 mil ações), tendo trocado de mãos mais de 760 mil títulos.

 
Atualmente a empresa tem um valor de mercado de 41,9 milhões de euros, apenas 10% do seu valor em 2010, quando esta cotada entrou em bolsa - substituindo a Teixeira Duarte Engenharia no âmbito de uma reestruturação. No dia 17 de agosto de 2010 a capitalização bolsista da Teixeira Duarte era de 418,55 milhões de euros. 
 

O desempenho negativo da Teixeira Duarte surge num período de ausência de notícias negativas. A empresa até anunciou o regresso aos lucros no primeiro trimestre, tendo reportado um resultado líquido positivo de oito milhões de euros entre janeiro e março, contra perdas de dois milhões no período homólogo de 2018. E ainda em fevereiro anunciou que reduziu 438 milhões à dívida com venda de ativos (Lagoas Park, Lusoponte e da gestora do edifício do Hospital de Cascais).


PUB

Conheça mais sobre as soluções de trading online da DeGiro.

DeGiro

Marketing Automation certified by E-GOI