Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Importações caem cinco vezes mais do que as exportações em outubro

As exportações e as importações caíram, respetivamente, 2,2% e 11,8%, em termos homólogos, no mês de outubro. As exportações foram principalmente arrastadas pela poucas vendas de fornecimentos industriais, enquanto os combustíveis e lubrificantes e o material de transporte foram as principais rubricas das importações que diminuíram.

Nos primeiros quatro meses do ano as exportações de bens e serviços decresceram 15%.
Vítor Mota
Vicente Lourenço vicentelourenco@negocios.pt 10 de Dezembro de 2020 às 11:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As importações caíram cinco vezes mais do que as exportações em outubro deste ano, revela o relatório do Instituto Nacional de Estatística (INE) publicado esta quinta-feira.

"Em outubro de 2020, as exportações e as importações de bens registaram variações homólogas nominais de -2,2% e -11,8%, respetivamente." 

A queda nas exportações foi arrastada pela rubrica de fornecimentos industriais, que diminuiu 5,9% face a outubro de 2019. Já nas importações, foram os combustíveis e lubrificantes (-36,9%) e o material de transporte (-16,8%) a sofrerem as maiores quedas. O INE destaca que houve uma diminuição significativa de material importado para automóveis para transporte de passageiros, o que reflete a quebra no setor nos dois últimos anos.

Importa ter em conta que as variações referidas são nominais, ou seja, estão sujeitas às alterações de preços. A pandemia e a guerra do petróleo entre a Arábia Saudita e a Rússia levaram a uma diminuição do preços dos combustíveis, o que pode explicar a queda nas importações diagnosticada pelo INE.

"Excluindo os combustíveis e lubrificantes, em outubro de 2020 registaram-se diminuições de 1,3% nas exportações e de 8,9% nas importações, em termos homólogos", acrescenta o boletim do INE.

Tudo somado, verificou-se que "o défice da balança comercial de bens diminuiu 733 milhões de euros face ao mês homólogo de 2019, atingindo 965 milhões de euros".

O relatório do INE informa também que no terceiro trimestre do ano (concluído em setembro), as exportações caíram 3,2%, em termos homólogos, e as importações caíram 13,4%.  

(Notícia atualizada às 11h49)
Ver comentários
Saber mais Exportações Importações Balança Comercial INE Pandemia
Outras Notícias