Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Meio milhão de estrangeiros saíram de Espanha em 2013

A população espanhola perdeu em 2013 mais de meio milhão de estrangeiros. No país continuam a residir cerca de cinco milhões.

Daniela Rocha Gonçalves dgoncalves@negocios.pt 23 de Abril de 2014 às 15:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Espanha sofreu o maior êxodo de estrangeiros de sempre em 2013, noticia esta quarta-feira, 23 de Abril, a imprensa espanhola. No total 545.980 imigrantes saíram de Espanha no ano passado, a maioria de regresso aos seus países de origem, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) espanhol.

 

A maioria dos imigrantes que deixaram de estar inscritos na lista do INE espanhol são ingleses (87.880), seguindo-se os romenos (74.745), os equatorianos (45.302), os colombianos (41.417) e os bolivianos (23.753), entre outras nacionalidades.

 

Se ao valor do ano passado forem acrescentados os números dos anos anteriores, conclui-se que, desde o início da crise, saíram de Espanha cerca de 751.200 estrangeiros, o que significa quase metade da “potencial mão de obra” que chegou ao país entre 2007 e 2009, refere o “El Mundo”.  

 

Em Janeiro de 2014 a população espanhola aproximava-se dos 46,7 milhões, tendo-se contado cerca de cinco milhões de imigrantes.

Ver comentários
Saber mais Espanha Instituto Nacional de Estatística População Estrangeiros
Outras Notícias