Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aécio Neves: "Combati o bom combate"

Como grande desafio, a presidente brasileira vai ter de unir os brasileiros nos próximos quatro anos, defende Aécio Neves: "Considero que a maior de todas as prioridades deve ser unir o Brasil em torno de um projecto honrado e que dignifique todos os brasileiros".

Bloomberg
André Cabrita-Mendes andremendes@negocios.pt 27 de Outubro de 2014 às 01:04
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

Neto de peixe não sabe nadar. Aécio Neves não conseguiu chegar à cadeira do poder em Brasília, tal como o seu avô, Tancredo, conseguiu em 1985 nas primeiras eleições democráticas após o fim da ditadura militar (apesar de nunca ter chegado a tomar posse, por ter morrido devido a doença).

 

Na hora de despedida, o antigo governador de Minas Gerais deixou um agradecimento aos milhões de brasileiros que votaram nele nestas presidenciais. "Faço um agradecimento especial aos mais de 50 milhões de brasileiros que apontaram o caminho da mudança. Eu serei eternamente grato a cada um, a cada uma de vocês, que me permitiram voltar a sonhar e acreditar na construção de um novo projecto", disse o candidato do Partido Social Democrata Brasileiro (PSDB) em Belo Horizonte no domingo, 27 de Outubro, citado pela Globo.

 

Como grande desafio, a presidente brasileira vai ter de unir os brasileiros nos próximos quatro anos: "Considero que a maior de todas as prioridades deve ser unir o Brasil em torno de um projecto honrado e que dignifique todos os brasileiros".

 

O candidato tucano (ave mascote do seu partido) disse já ter telefonado a Dilma Rousseff para congratulá-la pela vitória. "Cumprimentei agora há pouco, por telefone, a presidente reeleita e desejei a ela sucesso na condução de seu próximo governo. E ressaltei que considero que a maior de todas as prioridades deve ser unir o Brasil em torno de um projeto honrado e que dignifique a todos os brasileiros".

 

Para concluir, Aécio Neves foi beber às palavras do apóstolo São Paulo para dizer que combate o "bom combate" na campanha das presidenciais brasileiras. "Mais vivo do nunca, mais sonhador do que nunca, eu deixo essa campanha ao final com o sentimento de que cumprimos nosso papel. "Combati o bom combate, cumpri a minha missão e guardei a fé".

Ver comentários
Saber mais Brasil Dilma Rousseff Aécio Neves presidenciais brasileiras Fernando Henrique Cardoso Lula da Silva
Outras Notícias