Economia Centeno avisa deputados para “implicações” de cortar receita ou subir despesa

Centeno avisa deputados para “implicações” de cortar receita ou subir despesa

O ministro das Finanças deixou esta terça-feira um aviso aos deputados. Quem acompanhar políticas que cortem receitas e subam despesas “tem que assumir as implicações que daí decorrem”.
Centeno avisa deputados para “implicações” de cortar receita ou subir despesa
Miguel Baltazar
Margarida Peixoto 10 de julho de 2018 às 16:32

Com as primeiras reuniões sobre o Orçamento do Estado para 2019 já a decorrer, e ainda com outros processos legislativos com impacto orçamental em aberto, o ministro das Finanças, Mário Centeno, sublinhou esta terça-feira a responsabilidade dos deputados na definição das políticas públicas. Quem acompanhar políticas que cortem receitas e subam despesas "tem que assumir as implicações que daí decorrem", defendeu, perante a Comissão de Orçamento e Finanças, na Assembleia da República.


"Os portugueses reconhecem o risco de reduzir receitas e aumentar despesas", frisou Mário Centeno.


O ministro das Finanças não identificou nenhum caso em concreto, mas no Parlamento tem havido pressão tanto da esquerda, como da direita para avançar com políticas com impacto orçamental.


É o caso do descongelamento das carreiras dos professores, em que os docentes reclamam o reconhecimento de mais anos de serviço decorridos durante o congelamento, implicando actualizações salariais mais relevantes. Ou o caso do corte do aumento aplicado ao ISP em 2016, na altura para compensar a redução do preço do petróleo, proposto pelo CDS e aprovado na generalidade por uma maioria negativa, no Parlamento.


Centeno aproveitou ainda para marcar o ponto de partida do Governo para as negociações do Orçamento do Estado para 2019. O ministro garantiu que o quarto orçamento da actual legislatura continuará o caminho de "aumento do rendimento disponível das famílias", de "recuperação das pensões associada ao crescimento económico", de "investimento nos serviços públicos" e ainda de "conclusão em 2019 do processo de descongelamento das carreiras para além da reposição de direitos dos trabalhadores da Administração Pública".

(Título corrigido. Por lapso, o título anterior dizia "Centeno avisa deputados para "implicações" de cortar despesa ou subir receita")




pub

Marketing Automation certified by E-GOI