Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sentimento económico abranda em agosto na União Europeia

O sentimento económico na Europa registou uma deterioração em agosto.

Na avaliação de dezembro, os consumidores estão mais otimistas, mas os comerciantes ainda não.
Pedro Catarino
Lusa 30 de Agosto de 2021 às 10:13
  • Partilhar artigo
  • ...
O indicador do sentimento económico abrandou 1,5 pontos, em agosto, na Zona Euro e União Europeia (UE), enquanto o das expectativas de emprego subiu 1,2 pontos na zona euro e 1,0 na UE para novos máximos, segundo adianta a Comissão Europeia.

O sentimento económico recuou 1,5 pontos na zona euro e na UE, depois de ter atingido valores recorde em julho, fixando-se, respetivamente, nos 117,5 pontos e 116,5 pontos, segundo dados hoje divulgados pela Direção-geral dos Assuntos Económicos e Financeiros da Comissão Europeia.

As expectativas de emprego, por seu lado, aceleraram 1,2 pontos para os 112,8 nos países da moeda única e 1,0 pontos para os 112,6 no conjunto dos Estados-membros, atingindo, em ambas as zonas, novos máximos desde novembro de 2018.

Considerando as maiores economias da UE, o sentimento económico recuou em todas, com mais intensidade em França (-4,5 pontos) e nos Países Baixos (-3,0), seguindo-se a Itália (-1,9), a Polónia (-1,7) e a Espanha (-1,3), tendo-se mantido praticamente inalterado na Alemanha (-0,3 pontos).

A desaceleração deveu-se à quebra da confiança nos serviços, indústria e dos consumidores, apesar da subida registada no setor da construção, tendo o do comércio a retalho ficado praticamente inalterado.

A subida do indicador das expectativas de emprego foi impulsionada pela melhoria dos planos de emprego na construção, comércio a retalho e serviços.
Ver comentários
Saber mais Economia confiança consumidores União Europeia
Outras Notícias