Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

UGT apoia correção que trava subida das compensações

Na sequência dos protestos das associações patronais junto do Governo, o PS vai corrigir a sua proposta para evitar que o aumento das compensações em dois dias de salário tenha efeitos sobre o trabalho desde outubro de 2013. UGT concorda.

Algumas das medidas do acordo ainda serão “clarificadas”.
Algumas das medidas do acordo ainda serão “clarificadas”. António Cotrim/Lusa
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

A UGT concorda com as associações patronais na ideia de que a subida das compensações por despedimento, de 12 para 14 dias por cada ano trabalhado, só deve ter efeitos sobre o trabalho futuro, e portanto um impacto mais lento. E não desde outubro de 2013, como previa a proposta que o PS apresentou há um mês e que vai corrigir.

...

Ver comentários
Saber mais Ana Mendes Godinho UGT PS FCT Mário Mourão trabalho política
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias