Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vacinação em massa vai precisar de 5200 profissionais de saúde

A campanha de vacinação em massa, prevista para abril, deverá precisar de 5200 médicos, enfermeiros e auxiliares.

Lusa
Negócios jng@negocios.pt 30 de Março de 2021 às 09:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
O objetivo é vacinar mais de 100 mil pessoas por dia em abril e 150 mil em maio. Para a campanha de vacinação em massa ser bem sucedida, vai ser necessário reforçar o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Segundo a edição desta terça-feira do jornal Público, que cita a task force que coordena a campanha de vacinação, serão necessários 2500 enfermeiros, 400 médicos e 2300 auxiliares para levar a cabo a tarefa. Muitos destes 5 200 profissionais já integram o SNS, mas será preciso fazer novas contratações. A mesma fonte da task force adianta ao Público que o número de profissionais a contratar ainda está a ser calculado. 

Ao diário, o ministério da Saúde refere apenas que a contratação de enfermeiros ou de outros profissionais de saúde para actividades relacionadas com a covid-19 "depende da avaliação, caso a caso, do efectivo necessário em cada ACES [Agrupamento de Centros de Saúde] e ULS [Unidade Local de Saúde]". O gabinete de Marta Temido acrescenta que desde março do ano passado que é possível fazer contratos "a termo resolutivo incerto" para postos de trabalho ligados à pandemia. Em cima da mesa, estará a possibilidade de contratação de farmacêuticos e médicos aposentados ou formados no estrangeiro. 

Até agora, foram administradas vacinas a mais de 1,6 milhões de pessoas em Portugal. Cerca de 500 mil já tomaram a segunda dose.
Ver comentários
Saber mais vacinação covid-19 médicos enfermeiros campanha vacina
Outras Notícias