Economia Vídeo: Mohave desenvolve prospecção com vista à pesquisa de petróleo e gás natural em Torres Vedras e Alenquer

Vídeo: Mohave desenvolve prospecção com vista à pesquisa de petróleo e gás natural em Torres Vedras e Alenquer

A empresa canadiana Mohave Oil & Gas está a desenvolver, até Fevereiro, nos concelhos de Torres Vedras e Alenquer, uma prospecção sísmica com vista à pesquisa de petróleo e gás natural.
Lusa 22 de novembro de 2011 às 12:01
Recorrendo à mais moderna tecnologia de pesquisa de petróleo, duas centenas de trabalhadores estão no terreno a efectuar estudos geofísicos numa área de 240 quilómetros quadrados.

"Estamos a determinar os locais propícios à realização de sondagens de pesquisa de hidrocarbonetos [petróleo e gás natural]", afirmou o geólogo Rui Vieira, que adiantou que até ao final de 2012 deverá ser realizada uma terceira sondagem em Torres Vedras.

No decurso deste trabalho, poderá ser retomada a sondagem efectuada em 2009 no concelho de Alenquer e entretanto abandonada.

Os trabalhos consistem em, através de camiões de grande porte ou da detonação de explosivos em zonas inacessíveis, provocar enormes vibrações até aos 4000 metros de profundidade em 23 mil pontos identificados no terreno.

Os resultados são registados em computadores colocados em 26 mil estações, pequenas caixas alimentadas por baterias e que estão espalhadas pelo território à vista de qualquer cidadão, e depois enviados para a sede da empresa em Torres Vedras, onde vários técnicos estão a processá-los e a reuni-los numa enorme base de dados.

Na zona de Torres Vedras, a Mohave já efectuou no início deste ano duas sondagens nas freguesias de São Pedro da Cadeira e Ventosa, depois de outras pesquisas feitas neste concelho e ainda em Alenquer e Mafra.

"Em alguns locais de Torres Vedras, encontra-se petróleo à superfície. Há agricultores que fazem furos de água e encontram só água salobra, ou seja, manchada de óleo, o que coadjuvado com o conhecimento que temos, nos permite dizer que é possível encontrar petróleo", disse.

Sem ainda ter descoberto uma reserva rentável, a empresa canadiana conseguiu em 2007 extrair "algumas centenas de barris de petróleo", ao retomar o projecto desenvolvido nos anos 50 pela Companhia Portuguesa de Petróleo, que conseguiu retirar cerca de 15 mil barris.

"Neste momento de crise e sendo Portugal muito dependente de petróleo, temos de encarar este trabalho como um desígnio nacional", sublinhou Rui Vieira.

Há 18 anos em Portugal, a Mohave já investiu 42 milhões de euros nas cinco concessões de prospeção, três "onshore" (em terra, em Aljubarrota, Rio Maior e Torres Vedras) e duas "offshore" (no mar, ao largo de São Pedro de Moel e Cabo Mondego). Até 2013 prevê gastar 70 milhões de euros.




Marketing Automation certified by E-GOI