Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Número de desempregados em Espanha caiu em Junho para 4,4 milhões

Se forem excluídos os efeitos sazonais, o número de desempregados em Espanha está a cair há dez meses consecutivos e a queda do mês passado foi a segunda maior num mês de Junho desde 1996.

Bloomberg
Rita Faria afaria@negocios.pt 02 de Julho de 2014 às 10:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

O desemprego registado em Espanha desceu em 122.694 pessoas para 4.449.701 no mês de Junho, de acordo com os dados divulgados esta quarta-feira, 2 de Julho, pelo Ministério espanhol do Emprego e Segurança Social, que sublinha que este é o melhor primeiro semestre do ano, tendo em conta toda a série histórica.

 

No último ano, face a Junho de 2013, o desemprego no país vizinho caiu em 313.979 pessoas (-6,59%) e a queda registada no mês passado é a segunda maior num mês de Junho desde 1996.

 

Se forem excluídos os efeitos sazonais (um indicador mais fiável para analisar a tendência), o desemprego está a cair há dez meses consecutivos com uma redução mensal de 16.113 pessoas, a maior queda num mês de Junho desde 2001.

 

De acordo com o diário espanhol "Expansión", o turismo é uma das chaves desta queda no desemprego, visto que o início da temporada turística é marcado por uma vaga de novas contratações. Só em 2008 é que se registou um aumento do desemprego no sexto mês do ano, altura em que o número de pessoas sem trabalho subiu em 36.800.

 

Os números divulgados pelo Ministério do Trabalho e da Segurança Social confirmam a subida do número de contratos que, em Julho, chegaram a 1,51 milhões (o número mais alto desde Outubro passado), o que supõe mais 241.618 do que um ano antes e 60.296 mais do que em Maio.

 

 

 

 

 

 

Ver comentários
Saber mais Espanha Emprego Segurança Social Ministério do Trabalho e da Segurança Social economia negócios e finanças trabalho
Mais lidas
Outras Notícias