Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Stellantis vai deslocalizar produção na Rússia para a Europa Ocidental

O gigante automóvel liderado por Carlos Tavares tinha previsto investir na fábrica na Rússia mas agora inverteu a estratégia após a invasão da Ucrânia.

Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 11 de Março de 2022 às 14:19
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
A Stellantis vai transferir a produção de carrinhas na Rússia para a Europa Ocidental e congelou os investimentos previstos na operação russa após a invasão da Ucrânia, anunciou esta sexta-feira o CEO do grupo, Carlos Tavares.

"Novos investimentos na Rússia deixaram de estar sobre a mesa", disse o gestor português numa conferência de imprensa.

O anúncio surge um dia após a fabricante automóvel ter suspendido todas as importações e exportações de veículos de e para o mercado russo, onde tem uma fábrica em Kaluga em parceria com a Mitsubishi.

A decisão marca uma viragem de 180 graus face ao plano, anunciado em janeiro, de transfomar a Rússia num "hub" de exportação para dar resposta à forte procura de comerciais ligeiros na Europa Ocidental.

No início do ano, a Stellantis indicou que a produção na fábrica de Kaluga tinha duplicado em 2021 face ao ano anterior.

Na altura, o gigante automóvel pretendia exportar os modelos Peugeot Expert, Opel Vivaro e Citroën Jumpy de Kaluga para os mercados europeus.

A fábrica de Kaluga tem uma capacidade anual de 125 mil veículos e iniciou a produção de carrinhas, então para a PSA, em 2017.
Ver comentários
Saber mais Stellantis Ucrânia Rússia Europa Ocidental Carlos Tavares Kaluga
Outras Notícias