Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Consumo e exportações levam PIB francês a crescer menos que o esperado

Nos três primeiros meses do ano, o produto interno bruto da república francesa cresceu 0,3%, um valor que fica ligeiramente abaixo do estimado pelos economistas. Consumo e exportação penalizaram crescimento económico no primeiro trimestre.

Bloomberg
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 28 de Abril de 2017 às 07:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

De Janeiro a Março, a economia francesa cresceu 0,3%, um valor que fica ligeiramente abaixo do estimado pelo inquérito da Bloomberg junto de economistas, que apontava para uma subida do produto interno bruto (PIB) de 0,4% no primeiro trimestre.

A evolução do PIB nos primeiros três meses de 2017 foi penalizada pelo comportamento das exportações, que caíram 0,7%, e do consumo das famílias, que praticamente não cresceu, segundo os dados publicados esta sexta-feira, 28 de Abril, e citados pela agência. Por outro lado, o investimento avançou 1,3%.

O crescimento do último trimestre do ano passado foi revisto em alta para 0,5%.

Os dados do PIB podem vir a acalmar um pouco o optimismo que se tem vindo a verificar em torno da economia francesa. A economia gaulesa, nota a agência, nos últimos três anos tem ficado aquém da média da Zona Euro. Mas os últimos inquéritos às empresas indicavam que a economia estava de novo a acelerar, o que pode ser útil para o próximo presidente da França: Marine Le Pen ou Emmanuel Macron.


"O número é desapontante mas os dados subjacentes são fortes", disse à Bloomberg Frederik Ducrozet, economista do Banque Pictet & Cie. "A história positiva é o investimento. Há um grande potencial de recuperação".

Os dados do crescimento da economia francesa são conhecidos sensivelmente a meio da campanha para a segunda volta das presidenciais francesas. A 7 de Maio vai ser conhecido quem vai suceder a François Hollande: Marine Le Pen ou Emmanuel Macron.

Uma sondagem da Harris Interactive revelada esta quinta-feira, 27 de Abril, e citada pela Reuters, dá a vitória ao candidato centrista, obtendo Emmanuel Macron 61% dos votos contra os 39% obtidos por Le Pen.

 

 

 

Ver comentários
Saber mais França PIB
Mais lidas
Outras Notícias