Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

ADSE ganha 105.507 novos beneficiários com abertura aos contratos individuais

O primeiro défice da ADSE chegou a ser projetado para 2020, mas as contas do ano passado traçam um retrato muito diferente.
Bruno Colaço
Paulo Ribeiro Pinto paulopinto@negocios.pt 14 de Setembro de 2021 às 12:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
A ADSE tem mais 105.507 novos beneficiários depois da abertura aos trabalhadores do Estado com contratos individuais de trabalho, num balanço do período extraordinário para a inscrição que terminou no dia 9 de setembro.

"A ADSE conta com mais 105.507 novos beneficiários que integraram este subsistema de saúde durante o período extraordinário de adesão voluntária dos trabalhadores públicos com contrato individual de trabalho, que terminou a 9 de setembro", refere uma nota do Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública (MMEAP) enviada ao Negócios.

O processo de inscrição destes trabalhadores iniciou-se em janeiro e estava previsto terminar seis meses depois, em junho, mas o prazo foi prorrogado até 9 de setembro, data a partir da qual os trabalhadores não teriam nova oportunidade para aderir e beneficiar do subsistema de saúde dos funcionários e reformados da administração pública.

Para o Governo, que este processo foi "um sucesso", 
tendo em conta a elevada adesão "dos trabalhadores com contrato individual de trabalho que exercem funções em entidades de natureza jurídica pública", destacando a atratividade do subsistema.

Os dados avançados pelo MMEAP não desagregam por titulares e familiares. O último balanço indicava a existência de 66.146 titulares e 36.641 familiares (na maioria dependentes).

O gabinete da ministra Alexandra Leitão refere que "a
 média de idades dos novos beneficiários titulares é de 39 anos, sendo que a esmagadora maioria destes novos beneficiários pertence a entidades do setor da saúde."

(Notícia atualizada às 12:55 horas)


Ver comentários
Outras Notícias