Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aposentações na função pública disparam para máximo de quatro anos em 2019

A Caixa Geral de Aposentações processou 15.439 pedidos de aposentação da função pública em 2019, o número mais elevado dos últimos quatro anos.

Sérgio Lemos
Negócios jng@negocios.pt 10 de Dezembro de 2020 às 08:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O número de aposentações na função pública disparou em 2019, ano em que foram implementadas as novas regras de flexibilização da idade de aposentação para as carreiras longas. A informação é avançada esta quinta-feira, 10 de dezembro, pelo Dinheiro Vivo, que dá conta de que a Caixa Geral de Aposentações (CGA) processou 15.439 novos acessos à reforma em 2019, o número mais alto dos últimos quatro anos.

Segundo o mesmo jornal, que cita o relatório e contas da CGA, o número de aposentações levou a um aumento de 0,4% na população de aposentados e reformados da função pública, invertendo a tendência de descida que se observava desde 2015.

Isto num ano em que vigoraram novas regras, que facilitaram o acesso à reforma para as carreiras longas. De acordo com o Dinheiro Vivo, 1.039 pedidos de reforma dizem respeito a trabalhadores inscritos na CGA até aos 16 anos e com pelo menos 46 anos de serviço, ou com um mínimo de 48 anos de serviço, independentemente da idade em que começaram a trabalhar. Ao mesmo tempo, 1.559 pedidos corresponderam a reformas antecipadas, dos quais 520 tiveram penalização, num corte médio de 24,6%.
Ver comentários
Saber mais função púnlica pensões caixa geral de aposentações
Outras Notícias