Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Portugal facilita planeamento fiscal agressivo a multinacionais

Um estudo à escala europeia conclui que Portugal tem dez brechas que permitem esquemas de planeamento agressivo por parte das multinacionais. A pontuação coloca-nos na média da Europa, melhor que Holanda, Bélgica ou Luxemburgo, mas pior que Espanha e Alemanha.

1. Google - com um valor de 245.581 milhões de dólares, reforça a liderança
Reuters
Elisabete Miranda elisabetemiranda@negocios.pt 29 de Fevereiro de 2016 às 00:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...
Seja por acção directa seja por omissão, Portugal facilita a vida às multinacionais que montam esquemas de circulação de rendimentos para reduzirem a factura fiscal ao mínimo. As conclusões constam de um estudo publicado pela Comissão Europeia, onde se identificam dez brechas no código do IRC que permitem o chamado planeamento fiscal agressivo.

...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais planeamento fiscal agressivo Portugal BEPS Comissão Europeia Luxleaks OCDE Irlanda offshores google Amazon Starbucks
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias