Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

A quadratura do círculo da dívida angolana à China

Luanda e Pequim continuam a negociar os termos do alívio da dívida. Angola está muito exposta à China, mas a questão, além de financeira, é sobretudo relevante no tabuleiro da geopolítica internacional e isso dificulta um acordo entre as partes.

João Lourenço tem ensaiado aproximações à Europa e também aos Estados Unidos.
João Lourenço tem ensaiado aproximações à Europa e também aos Estados Unidos. José Coelho/Lusa
Celso Filipe cfilipe@negocios.pt 15 de Setembro de 2020 às 09:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A renegociação da dívida de Angola à China não pode ser vista apenas do ponto de vista financeiro. A matriz para perceber as dificuldades de um entendimento entre as partes é essencialmente de natureza geopolítica e entronca na aproximação de Angola às economias ocidentais, sobretudo a países como a Alemanha e os Estados Unidos.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Pequim China Angola Alemanha Estados Unidos política
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias