Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rajoy novamente debaixo de fogo no caso Bárcenas

O ex-tesoureiro do PP, preso e acusado de ser autor de uma contabilidade paralela do partido, ameaça implicar Mariano Rajoy. Governo espanhol cerca fileiras em volta do presidente.

Reuters
Negócios negocios@negocios.pt 10 de Julho de 2013 às 12:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

Luis Bárcenas, o ex-tesoureiro do PP espanhol, alterou radicalmente a sua estratégia de defesa e está agora a ameaçar implicar em todo o processo o presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy.  Bárcenas, que até agora tinha sempre negado ter sido o autor dos documentos que revelam a existência de uma contabilidade paralela no partido, terá enviado ele próprio vários documentos ao jornal espanhol El Mundo que os publicou. Esta inciativa demonstra que Bárcenas terá dado início a uma ofensiva, que vinha prometendo desde que foi detido, e que poderá envolver o presidente do Governo, escreve o El Pais.

 

Segundo o mesmo jornal, o ex-tesoureiro tem enviado recados através de várias pessoas que o visitam na prisão, nomeadamente pelo seu advogado, Miguel Durán. E a mensagem é a de que, continuando detido, estará disposto a tudo, mesmo a deixar cair Rajoy.

 

“Barcenas tem suficiente informação para fazer cair o Governo actual. E só não a revelou quando compareceu perante o juiz foi porque estava muito pressionado”, afirmou Durán em entrevista a uma rádio, citada pelo El Pais. “Na prisão está triste e irritado, embora não deprimido, e sente-se abandonado pela sua gente”, continuou, deixando no ar a imagem de alguém disposto a vigar-se do PP que não o apoiou.

 

Entretanto, vários ministros saíram ontem em defesa do chefe de Governo e vieram já afirmar a sua total confiança em Mariano Rajoy. O mesmo fez a secretária geral do PP e presidente de Castilla-La Mancha, María Dolores de Cospedal.

 

Alberto Ruiz Gallardón, ministro da Justiça, assegurou que Rajoy sempre foi “uma referência ética” dentro do partido e José Manuel Soria, que detém a pasta da indústria, sublinhou que “poria a mão no fogo por ele” e que tem confiança absoluta. 

Ver comentários
Saber mais Rajoy Barcenas
Outras Notícias