BCE mantém juros e intenção de terminar programa de compras no fim do ano

O Banco Central Europeu decidiu esta quinta-feira manter inalteradas as taxas directoras dos juros. Também as indicações sobre o fim das medidas não convencionais se mantêm as mesmas.
Reuters
pub
Margarida Peixoto 26 de julho de 2018 às 12:51

O Banco Central Europeu (BCE) decidiu esta quinta-feira, 26 de Julho, manter inalteradas as taxas directoras dos juros. Também as indicações sobre o fim das medidas não convencionais se mantêm as mesmas, adianta o comunicado de imprensa publicado pelo organismo liderado por Mario Draghi.
Tal como já tinha sido dito na sequência da última reunião de política monetária, o Conselho do BCE espera que "as taxas de juro directoras se mantenham nos níveis actuais, pelo menos, até durante o Verão de 2019". Da mesma forma, a ressalva sobre a possibilidade de estender o período de juros baixos mantém-se, "enquanto for necessário para assegurar a continuação da convergência sustentada da inflação no sentido de níveis abaixo, mas próximos, de 2% no médio prazo."
Sobre o fim das medidas não convencionais, o Conselho do BCE não deu ainda mais nenhuma pista adicional. Repete apenas que a partir de Setembro as compras líquidas mensais que estão a ser feitas ao abrigo do Programa de Compra de Activos serão reduzidas para metade (dos actuais 30 mil milhões de euros para 15 mil milhões de euros) e que em Dezembro as compras líquidas terminam, entrando-se numa fase de apenas reinvestimento.
Neste dossiê, a ressalva feita no mês passado também se mantém: esta decisão é tomada "sob reserva de os dados entretanto disponibilizados confirmarem as perspectivas do Conselho do BCE relativamente à inflação no médio prazo". Ou seja, se houver alguma surpresa nos indicadores quantitativos, estas datas podem mudar.
Sobre a fase de reinvestimento dos activos adquiridos, que se iniciará, em princípio, em Janeiro de 2019, o BCE não adiantou detalhes. Refere apenas que os reinvestimento serão feitos "durante um período prolongado após o termo das aquisições líquidas de activos e, em qualquer caso, enquanto for necessário para manter condições de liquidez favoráveis e um nível amplo de acomodação monetária."
Dentro de poucos minutos o presidente do BCE, Mario Draghi, vai explicar as decisões de política monetária tomadas na reunião de hoje. A conferência de imprensa pode ser acompanhada aqui.
(Notícia actualizada às 13:10)

pub