Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Subida dos juros nos EUA cada vez mais provável em Dezembro

A presidente da Reserva Federal norte-americana, Janet Yellen, admitiu que, se os dados económicos continuarem a apontar para o crescimento e o aumento dos preços, a subida dos juros em Dezembro "é uma possibilidade real".

Bloomberg
Rita Faria afaria@negocios.pt 05 de Novembro de 2015 às 10:09
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O mais poderoso trio da Reserva Federal norte-americana mantém sobre a mesa a possibilidade de a autoridade monetária realizar a primeira subida dos juros nos Estados Unidos desde 2006, em Dezembro.

Tanto a presidente da Fed, Janet Yellen, como o presidente da Reserva Federal de Nova Iorque, William Dudley, admitiram na quarta-feira, 4 de Novembro, que a política monetária pode ser ajustada no próximo mês, enquanto o vice-presidente da autoridade monetária, Stanley Fischer, se mostrou confiante de que a inflação não está muito distante do objectivo do banco central.

"Neste ponto, vejo a economia dos Estados Unidos a registar um bom desempenho", referiu Yellen, perante o comité de regulação bancária no Senado dos Estados Unidos. Se os dados económicos continuarem a apontar para crescimento e aumento dos preços, a subida dos juros em Dezembro "é uma possibilidade real", acrescentou.

Contudo, a responsável frisou que ainda não há uma data definida, ficando a decisão dependentes da evolução da economia e dos preços.

Discursando em Nova Iorque, horas depois, William Dudley concordou com as declarações de Yellen, frisando que é necessário esperar "para ver o que os dados mostram". Stanley Fischer não se referiu directamente ao ‘timing’ da subida da taxa directora, num discurso em Washington, mas sublinhou que a inflação está caminhar em direcção à meta de 2% da Fed.

Em Outubro, o Comité Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla inglesa), admitiu considerar uma subida da taxa directora na "próxima reunião", citando números "sólidos" dos gastos das famílias e do investimento das empresas.

Os comentários de Yellen, Dudley e Fischer, que são considerados os três mais influentes membros do banco central norte-americano, reforçaram a ideia de que os juros poderão subir ainda este ano. Segundo a Bloomberg, os investidores aumentaram para quase 60% a probabilidade de uma alteração em Dezembro, face aos 33% há um mês. 

Ver comentários
Saber mais Reserva Federal Estados Unidos Fed Janet Yellen presidente da Reserva Federal de Nova Iorque William Dudley Comité Federal de Mercado Aberto
Outras Notícias