Política Assunção Cristas desafia António Costa a dizer se baixa impostos e ficou sem resposta

Assunção Cristas desafia António Costa a dizer se baixa impostos e ficou sem resposta

A líder do CDS-PP confrontou hoje o primeiro-ministro com uma miscelânea de temas, ambiente, agricultura, benefícios fiscais para o Interior, e ficou sem resposta ao desafio a António Costa para dizer se defende uma baixa de impostos.
Assunção Cristas desafia António Costa a dizer se baixa impostos e ficou sem resposta
Miguel Baltazar
Lusa 18 de junho de 2019 às 17:01

"Vai ou não baixar impostos? Compromete-se ou não esse compromisso?", perguntou Assunção Cristas, no debate quinzenal com o primeiro-ministro, no final de um frente a frente com Costa, na Assembleia da República, depois de alertar para algumas estatísticas "preocupantes" da OCDE quanto a um crescimento económico abaixo da União Europeia (UE).

 

Para Assunção Cristas, Portugal precisa de uma "baixa de impostos", dado que existe hoje "uma carga fiscal máxima" e é preciso "estimular o investimento".

 

Aos números da presidente centrista respondeu o chefe do Governo com números desde 2016 até 2018, alegando que Portugal está a assistir a um crescimento económico "acima da média da UE.

 

Assunção Cristas desafiou ainda o chefe do Governo a dizer se concorda com as medidas propostas pelo CDS para dar garantias aos contribuintes contra os abusos do fisco, como o que aconteceu com a famosa "operação stop", no norte do país.

 

Esta foi, aliás, a segunda medida antecipada pelos centristas para o programa eleitoral com que se apresentarão às legislativas de outubro.

 

António Costa contra-atacou, afirmando que foi o seu executivo a alterar a lei, do tempo do anterior Governo PSD-CDS, que permitia a "penhora da casa de família por dívidas fiscais".

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI