Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ferro Rodrigues convoca partidos para debater passwords e viagens dos deputados

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, vai marcar uma conferência de líderes parlamentares extraordinária para quarta-feira, dedicada às polémicas com passwords de registo de presença em plenário e reembolsos das viagens dos deputados.

O presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, lembra o antigo Presidente da República Mário Soares como 'um grande português' e um dos fundadores da democracia em Portugal. 'É com grande pesar que tomo conhecimento do falecimento de Mário Soares. É costume dizer-se dos grandes políticos que a sua vida se confunde com a do tempo histórico que viveram. No caso de Mário Soares, não será exagerado dizer que é o último quartel do século XX português que se confunde com ele', lê-se numa mensagem de Ferro Rodrigues, divulgada no 'site' do parlamento. Sublinhando que 'Mário Soares foi um Grande Português', o presidente da Assembleia da República recorda a forma como o antigo chefe de Estado lutou pela democracia antes e depois do 25 de Abril.
'Se a nossa geração já fez política em democracia, se as gerações dos meus filhos e netos já cresceram num país livre, democrático e europeu, a ele muito o devemos', lê-se na mensagem, onde Ferro Rodrigues lembra também que Mário Soares, como líder político e deputado à Assembleia Constituinte, foi um dos fundadores da democracia portuguesa, iniciada pelo Movimento das Forças Armadas a 25 de Abril de 1974. O presidente da Assembleia da República fala, ainda, da forma como Mário Soares prestigiou o parlamento e o parlamentarismo como deputado à Assembleia da República e como esteve por detrás de grandes conquistas, como a criação do Serviço Nacional de Saúde, da Concertação Social e da adesão à então Comunidade Económica Europeia, enquanto primeiro-ministro.
'Como Presidente da República, afirmou Portugal e prestigiou o Estado, abrindo a presidência à sociedade e à cultura. O Portugal democrático, europeu e cosmopolita é o país de Mário Soares', é ainda referido na missiva. Na mensagem, Ferro Rodrigues transmite também em nome da Assembleia da República as 'mais sentidas condolências à família e amigos mais próximos' e 'a todo o Partido Socialista'.
Sábado
Lusa 29 de Novembro de 2018 às 20:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

Segundo confirmou hoje fonte do gabinete de Ferro Rodrigues à Lusa, a reunião dos presidentes das várias bancadas partidárias destina-se a "avaliar diversas questões de funcionamento e organização internos" do parlamento, nomeadamente o "registo de presenças em sessões plenárias" e "as deslocações dos deputados".

 

A informação foi informalmente transmitida na conferência de líderes que se realizou hoje à tarde na Assembleia da República, devendo a convocatória oficial ser enviada na sexta-feira.

 

Em causa estão várias notícias sobre parlamentares que estiveram ausentes da Assembleia da República, mas com presenças registadas através da introdução das suas palavras-passe nos computadores do hemiciclo por parte de outros colegas.

 

Um dos casos, tornado público pelo semanário Expresso, é o do secretário-geral do PSD, José Silvano, cuja colega de bancada Emília Cerqueira assumiu publicamente ter registado "inadvertidamente" a sua presença em plenário para consultar documentos.

 

Posteriormente, o jornal online Observador revelou mais dois casos de falsas presenças parlamentares a envolver os deputados do PSD José Matos Rosa (então secretário-geral do partido) e Duarte Marques.

 

Ambos os casos são relativos a 2017 e a presença dos deputados foi registada na Assembleia da República quando Matos Rosa estava em viagem a Cabo Verde (3 de Fevereiro) e Duarte Marques no Porto (a 4 de Maio).

 

Entretanto, na semana passada, foi anunciado que o Ministério Público vai abrir um inquérito ao caso das falsas presenças no plenário da Assembleia da República de José Silvano.

 

Em resposta à agência Lusa, o gabinete da procuradora-geral da República, Lucília Gago, informou que "na sequência da análise efectuada, a Procuradoria-Geral da República decidiu remeter ao DIAP (Departamento de Investigação e Acção Penal) de Lisboa os elementos disponíveis com vista à instauração de inquérito".

Ver comentários
Saber mais Ferro Rodrigues José Silvano Duarte Marques Emília Cerqueira José Matos Rosa Ministério Público
Mais lidas
Outras Notícias