Política Remodelação do Governo: Pedro Nuno Santos nas Infraestruturas e Nelson de Souza no Planeamento

Remodelação do Governo: Pedro Nuno Santos nas Infraestruturas e Nelson de Souza no Planeamento

A equipa de António Costa vai ter três novos ministros: Pedro Nuno Santos, nas Infraestruturas e Habitação, Nelson de Souza no Planeamento e Mariana Vieira da Silva no Ministério da Presidência e Modernização Administrativa.
Remodelação do Governo: Pedro Nuno Santos nas Infraestruturas e Nelson de Souza no Planeamento
Paulo Cunha/Lusa
Negócios 17 de fevereiro de 2019 às 18:08

As eleições europeias obrigaram a mudanças no Governo de António Costa, que decidiu retirar dois ministros da sua equipa para integrarem a lista do Partido Socialista, e aproveitar as saídas para fazer mais algumas alterações.

A começar pelo ministério do Planeamento e Infraestruturas que, com a saída de Pedro Marques para encabeçar a lista do PS às europeias, é partido em dois. De um lado, o ministério das Infraestruturas e da Habitação, que será liderado por Pedro Nuno Santos, até aqui secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares; e do outro, o do Planeamento, que terá como ministro Nelson de Souza, que já estava com Pedro Marques como secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão.

Natural da Índia, Nelson de Souza, de 64 anos, é licenciado em Finanças pelo Instituto Superior de Economia, e é considerado um conhecedor do tecido empresarial português, tendo assumido responsabilidades nos programas nacionais e europeus de apoio às empresas e à economia.

Na lista de novos ministros está ainda Mariana Vieira da Silva, que assume o lugar deixado em aberto por Maria Manuel Leitão Marques no Ministério da Presidência e Modernização Administrativa.

Os nomes, que há haviam sido avançados por vários órgãos de comunicação social, foram confirmados numa nota publicada no site da Presidência da República. A tomada de posse realiza-se na segunda-feira, às 15:00, no Palácio de Belém.

Além de três novos ministros, a remodelação confirmada este domingo inclui oito secretários de Estado, quatro reconduzidos e quatro novos, a começar por José Duarte Cordeiro, número dois de Fernando Medina na Câmara de Lisboa, que vai ocupar o cargo de Secretário de Estado Adjunto do Primeiro-Ministro e dos Assuntos Parlamentares.

Já Pedro Nuno Santos vai ter três secretários de Estado. Ana Pinho mantém-se na Habitação, Alberto Souto de Miranda, antigo presidente da Câmara Municipal de Aveiro, fica como secretário de Estado Adjunto e das Comunicações e Jorge Delgado, ex-responsável do metro do Porto, fica com as Infraestruturas.

No ministério do Planeamento, Maria do Céu Albuquerque, antiga presidente da Câmara Municipal de Abrantes, fica como Secretária de Estado do Desenvolvimento Regional.

Mariana Vieira da Silva mantém os três secretários de Estado de Maria Manuel Leitão Marques, que deixa o cargo para se candidatar na lista do PS às eleições de 26 de maio para o Parlamento Europeu: Tiago Antunes, secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, Luís Goes Pinheiro, secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa e Rosa Monteiro, secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI