Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Enoturismo rende meio milhão à José Maria da Fonseca

Produtor do vinho Periquita fechou o ano com um novo recorde na casa-museu de Azeitão: 35 mil visitantes, originários de 74 países.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 14 de Janeiro de 2014 às 18:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A actividade de enoturismo gerou receitas superiores a meio milhão de euros à José Maria da Fonseca, o mais antigo produtor de vinhos de mesa e moscatéis de Setúbal, detida pela família Soares Franco desde a fundação, há 180 anos.

 

O número de visitantes bateu novamente o recorde no ano que terminou, tendo passado pela casa-museu (na foto) perto de 35 mil visitantes de 74 nacionalidades. Perto de 30% são portugueses, seguindo-se a Rússia, Estados Unidos, Alemanha, Brasil, Reino Unido, França, Suécia, Dinamarca, Holanda e Espanha.

 

Apesar de realizar visitas guiadas desde os anos 60, a aposta no enoturismo começou a ser reforçada em 2007, com Sofia Soares Franco a apontá-lo como “uma das melhores ferramentas de marketing da empresa”. “Damos a conhecer, diariamente e de forma apaixonada, a nossa história e os nossos produtos aos visitantes dos quatro cantos do mundo, lançando a semente a novos consumidores e fortalecendo relações com consumidores já existentes”, acrescentou a responsável da unidade, citada em comunicado.

 

A empresa que produz o vinho Periquita factura anualmente perto de 19 milhões de euros, exportando 75% da produção. Detém mais de 650 hectares de vinha, repartidos pela Península de Setúbal, Alentejo e Douro, transformando as uvas num centro de vinificação com capacidade de 6,5 milhões de litros.

Ver comentários
Saber mais Enoturismo vinho José Maria da Fonseca Setúbal exportações
Outras Notícias