Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Autoeuropa vai estar parada durante mais de uma semana

A fábrica portuguesa da Volkswagen vai estar parada entre os dias 24 de Março e 2 de Abril por falta de componentes.

Bruno Simão/Negócios
André Cabrita-Mendes andremendes@negocios.pt 16 de Março de 2018 às 16:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • 12
  • ...
A Autoeuropa vai voltar a parar por falta de peças. A produção da fábrica portuguesa da Volkswagen vai estar congelada durante mais de uma semana.

A paragem vai ter lugar entre os dias 24 de Março e 2 de Abril, com a produção a ser retomada no dia 3 de Abril, avançou fonte oficial da Autoeuropa esta sexta-feira, 16 de Março.

Quais as causas para esta paragem? A Autoeuropa diz que houve um aumento da procura por motores a gasolina ao nível do grupo e que as fábricas da marca alemã que produzem estes motores não estão a conseguir dar resposta ao aumento da procura porque os seus fornecedores, como fundições, não estão a conseguir acompanhar a subida do ritmo.

Dos três modelos produzidos em Palmela, apenas o T-Roc tem motores a gasolina, pois os monovolumes Volkswagen Sharan e Seat Alhambra a terem apenas motores a gasóleo. Mas como a maioria da produção actual corresponde ao novo SUV da marca, a fábrica decide parar a sua produção totalmente. Actualmente a Autoeuropa produz cerca de 860 automóveis por dia, com mais de 60% a serem T-Roc.

Os trabalhadores vão assim estar em casa um total de oito dias, com a sua remuneração a estar garantida, adianta a Autoeuropa, e não afectando o prémio trimestral.

Antes desta nova paragem, a fábrica de Palmela esteve já parada seis dias no espaço de dois meses por falta de peças. A primeira paragem registada nos últimos dois meses teve lugar a 15 de Dezembro com a empresa a justificar com a ruptura de stocks dos fornecedores, por a Volkswagen estar a lançar vários novos modelos num curto espaço de tempo. Depois, a Autoeuropa parou quatro dias entre 26 a 29 de Dezembro "devido a quebra no fornecimento de peças críticas".


Já em 2018, a fábrica também parou a 31 de Janeiro, mas somente durante o turno da tarde. A razão? Falta de peças novamente. Nessa ocasião, a fábrica disse que a paragem devia-se às "más condições climatéricas na zona do Mediterrâneo, a ligação marítima entre o porto de Tânger, em Marrocos, e Algeciras, Espanha, está fechada".

Já no início de Fevereiro a fábrica voltou a estar parada mais um dia devido à "quebra no fornecimento de escapes", segundo a empresa.

Recorde-se que a maioria dos 5.700 trabalhadores da fábrica aprovaram recentemente o acordo laboral para este ano que prevê, entre outros pontos, um aumento salarial de 3,2%. É de destacar que este acordo não prevê compensações sobre o trabalho ao fim-de-semana a partir de Agosto, com estas negociações ainda sem data para arrancarem.

(Notícia actualizada às 16:35)

Ver comentários
Saber mais Autoeuropa Volkswagen T-Roc produção paragem
Mais lidas
Outras Notícias