Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

O Model 3 já é feito em Xangai e Musk promete um novo Tesla chinês

Elon Musk presidiu hoje à cerimónia de inauguração da fábrica em Xangai, onde prometeu produzir o Model Y e outros modelos que poderão ser desenvolvidos em solo chinês.

Rita Faria afaria@negocios.pt 07 de Janeiro de 2020 às 15:48
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A Tesla passou esta terça-feira a ter uma nova morada além das fronteiras norte-americanas. É em Xangai, onde a fabricante de carros elétricos inaugurou oficialmente a sua primeira fábrica fora dos Estados Unidos.

A inauguração aconteceu neste início de janeiro, mas a produção do Model 3 nas instalações de Xangai já havia começado em outubro: as primeiras unidades começaram a ser entregues na semana passada e foram para os funcionários da "Gigafactory". Os primeiros automóveis destinados à venda ao público foram apresentados hoje por Elon Musk na cerimónia de inauguração que o empresário apresentou para anunciar que também o Model Y passará a ser produzido na China.

"Pretendemos continuar a aumentar o investimento na China, e produzir aqui o Model, o Model Y e também futuros modelos", afirmou Musk, perante a audiência em Xangai.

Entre esses futuros modelos poderá estar um original desenvolvido em território chinês, onde o CEO da Tesla pretende construir um centro de engenharia e design, como adiantou esta terça-feira.

"Algo que seria super fixe... Por isso, vamos fazer isso... tentar criar um centro de engenharia e design na China para desenvolver um carro original na China para os consumidores mundiais. Acho que isso será muito emocionante ", acrescentou.

No Twitter, o empresário partilhou um vídeo da cerimónia, onde surge visivelmente bem-disposto, a dançar em palco.

Na fábrica de Xangai, que foi construída em tempo recorde, já estão a ser produzidos mais de 1.000 unidades por semana, um número que deverá duplicar em 2021, de acordo com Song Gang, diretor daquela unidade de montagem.

A Tesla já havia anunciado que pretendia aumentar a produção para 150.000 veículos Model 3 por ano, cerca de 3.000 por semana, quando a primeira fase da fábrica estivesse concluída. Na fase seguinte, o objetivo é reforçar a produção para 500 mil unidades por ano.

Segundo o mesmo responsável, cerca de 30% dos componentes que estão a ser usados na fábrica de Xangai são produzidos localmente, sendo que a empresa quer aumentar esse valor para 100% até ao final do ano.

Os automóveis da Tesla produzidos na China foram incluídos, no mês passado, numa lista de modelos elegíveis para uma isenção no imposto de 10% sobre a compra, sendo também abrangidos por um subsídio do governo de 24.750 yuans por veículo.

Essas vantagens ajudaram a Tesla a reduzir os preços, com a empresa a anunciar na semana passada que reduziria o preço inicial do Model 3 em 9% para 323.800 yuans e para 299.050 yuans após subsídios. Estes valores não deixam a Tesla muito longe dos preços praticados pelos fabricantes locais de carros elétricos, como o P7 da Xpeng Motor, que começa nos 240.000 yuans, e do SUV da NIO, que começa nos 358.000 yuans.

Ver comentários
Saber mais Tesla Elon Musk China Xangai
Mais lidas
Outras Notícias