Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tesla prepara-se para começar a produzir veículos eléctricos na China

A Tesla vai abrir uma nova unidade em Xangai, ficando mais próxima de começar a produzir carros eléctricos na China.

3. Tesla Motors
Chris Ratcliffe
Raquel Murgeira raquelmurgeira@negocios.pt 14 de Maio de 2018 às 17:38
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Tesla anunciou a abertura de uma nova subsidiária em Xangai, ficando mais perto de começar a produzir veículos eléctricos na China e estabelecendo assim a sua primeira grande unidade fora dos EUA, segundo a Bloomberg.

Esta nova unidade tem um capital estimado de 100 milhões de yuans (13,2 milhões de euros), segundo avança o Sistema Nacional de Informações sobre Crédito Empresarial. 

A empresa com sede na Califórnia tem vindo a trabalhar de perto com o governo de Xangai desde o ano passado para explorar a possibilidade de produzir carros eléctricos na China. No mês passado Pequim anunciou que iria permitir a fabricantes estrangeiros de veículos relacionados com o sector das novas energias serem proprietários de fábricas no país. Uma decisão que deixou o caminho livre ao fundador da Tesla, Elon Musk, para instalar uma nova subsidiária em terreno chinês. 

A Tesla pretende com esta nova unidade reforçar a sua posição num mercado em crescimento para carros elétricos e evitar altas tarifas de importação. 

Já no início deste mês, o líder da Tesla tinha anunciado aos investidores que iria revelar em breve a localização da nova subsidiária na China, levantando a possibilidade de fabricar lá o Modelo 3 Sedan e o Modelo Y Crossover, de acordo com a Bloomberg. 

Também este mês a Tesla reportou os seus resultados relativamente ao primeiro trimestre do ano. Os resultados ajustados da Tesla foram negativos em 3,35 dólares por acção, o que corresponde a uma melhoria face ao ano passado, quando reportou uma perda de 3,58 dólares por acção. E os números ficaram acima do esperado pelos analistas consultados pela Bloomberg que previam um prejuízo de 3,41 dólares.

Já as receitas ascenderam a 3,41 mil milhões de dólares no período em análise, o que também superou as estimativas, com os analistas a apontarem para um valor médio de 3,32 mil milhões de dólares. 

 

 

Ver comentários
Saber mais Tesla Elon Musk Xangai China grandes empresas economia negócios e finanças economia tecnologia transporte veículos eléctricos
Mais lidas
Outras Notícias