Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Trabalhadores da Caetano Auto em Setúbal exigem aumento de 60 euros

Segundo Mário Rangel, do SITESUL, na próxima semana deverá ter lugar um outro plenário, no Barreiro, dado que os "trabalhadores da Caetano Auto no Barreiro e no Montijo estão na mesma situação e não têm aumentos há quatro anos".

DR
Lusa 23 de Setembro de 2022 às 17:24
  • Partilhar artigo
  • ...
Os trabalhadores da empresa Caetano Auto em Setúbal exigiram esta sexta-feira uma atualização salarial de 60 euros e admitiram avançar com formas de luta em novembro, caso não tenham resposta da administração até final de outubro.

"Os trabalhadores da Caetano Auto de Setúbal exigiram hoje, em plenário, uma atualização salarial de 60 euros por trabalhador, dado que não têm aumentos há quatro anos, apesar de se tratar de uma empresa que tem tido lucros todos os anos", disse à agência Lusa o sindicalista Mário Rangel.

"Ficou também decidida a realização de novo plenário em novembro para decidir formas de luta, se, entretanto, não obtivermos resposta da administração da empresa", acrescentou o sindicalista, que é dirigente do SITESUL - Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Sul.

Segundo Mário Rangel, na próxima semana deverá ter lugar um outro plenário, no Barreiro, dado que os "trabalhadores da Caetano Auto no Barreiro e no Montijo estão na mesma situação e não têm aumentos há quatro anos".

"Vamos ter outro plenário no Barreiro para os trabalhadores decidirem o que fazer, mas acredito que as reivindicações não deverão ser muito diferentes das que foram aprovadas hoje em Setúbal", disse Mário Rangel.

De acordo com o sindicalista, as três unidades da Caetano Auto em Setúbal, Barreiro e Montijo têm a mesma administração e um total de "cerca de 100 trabalhadores".

A agência Lusa contactou a Caetano Auto mas não foi possível ouvir a administração.





GR // CSJ

Lusa/Fim

 
Ver comentários
Outras Notícias