Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vendas de automóveis voltam a cair na Europa e Portugal sofre segunda maior quebra

Na análise às vendas entre janeiro e outubro Portugal é dos países mais castigados pela pandemia, com as vendas a cederem 37,1% para menos de 120 mil unidades.

As vendas de automóveis em todo o mundo deverão cair este ano para mínimos desde 2009.
Fabian Bimmer/Reuters
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 18 de Novembro de 2020 às 08:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As restrições impostas em outubro por vários países devido ao avanço da pandemia resultaram numa nova queda nas vendas de automóveis na União Europeia no mês passado, anulando assim a recuperação registada em setembro.


De acordo com os dados da Associação de Construtores Europeus de Automóveis (ACEA) que foram publicados esta quarta-feira, foram matriculados 953.615 automóveis na União Europeia em setembro, o que traduz uma quebra de 7,8% face ao mesmo mês do ao passado.

Em setembro o setor tinha assistido ao primeiro aumento homólogo nas vendas, mas a "reitrodução de restrições por parte de vários governos europeus para combater a segunda vaga da pandemia do coronavirus" levou o mercado de novo para terreno negativo, explica a ACEA em ecomunicado.

No acumulado dos primeiros 10 meses do ano a quebra das vendas na região é de 26,8% para cerca de 8 milhões de automóveis, o que traduz menos 2,9 milhões de carros vendidos face ao mesmo período do ano passado.

Na análise às vendas entre janeiro e outubro Portugal é dos países mais castigados pela pandemia, com as vendas a cederem 37,1% para menos de 120 mil unidades. Entre todos os países da União Europeia apenas a Croácia tem uma queda mais acentuada (43,5%).

Entre os principais mercados o espanhol regista o pior desempenho (-30,9%), seguido de Itália (-30,9%), França (-26.9%) e Alemanha (-23,4%).

 

Olhando apenas para outubro a queda nas vendas em Portugal foi de 12,6%, acima da média da UE mas abaixo do registado noutros países onde as restrições relacionadas com a pandemia foram mais acentuadas.   

 

A ACEA que reúne 16 construtores na Europa previa, antes da pandemia de covid-19, uma queda de apenas 2% nas vendas este ano,  depois de seis anos consecutivos de crescimento. 

Ver comentários
Saber mais ACEA automóvel carros vendas
Outras Notícias